Joel Santana no comando da Raposa

21/06/2011 08:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
None (foto: Washington Alves/Vipcomm/Divulgação)

Bastante simpático e bem humorado, o técnico Joel Santana falou por cerca de 45 minutos com a imprensa em sua apresentação oficial. O treinador abriu a conversa falando da alegria de poder trabalhar no clube, 23 anos depois de receber o primeiro convite de Zezé Perrella. Ele foi sondado para comandar o time no Mundial de Clubes de 1997.

 

“Meu nome é Joel Natalino Santanas, nasci em 25 de dezembro. O ano não interessa, né?!. Quero dizer a vocês que tenho respeito pela imprensa, vocês ainda não me conhecem, vão passar a conhecer. Na próxima entrevista, trarei minha vida para vocês saberem quem eu sou e porque hoje tenho a felicidade de estar aqui. Esperei 23 anos”, explica o treinador durante a coletiva de imprensa.

 

O técnico é respeitado no futebol do Rio de Janeiro, pois é o único treinador a conquistar o Campeonato Carioca com os quatro grandes clubes. Joel Santana teve passagens por outros grandes do futebol brasileiro e também virou notícia quando treinou a seleção da África do Sul e a levou às semifinais da Copa das Confederações em 2009.

 

Questionado sobre o atual elenco cruzeirense, o novo treinador ressaltou a qualidade do time e disse que não pretende impor um esquema tático. “Conheço jogadores de longe. Quando está dentro, é outra coisa, tenho de ver o time, conhecer os jogadores. Conheço a maneira que o time joga, vinha bem. Vou jogar da maneira do time. não tenho um esquema. Tenho um jogo duríssimo com o Coritiba, uma bela equipe, mas precisamos vencer. É o mínimo que podemos fazer”, afirmou Joel, que já teve a oportunidade de trabalhar com alguns jogadores do atual elenco cruzeirense.

 

Questionado sobre a duração do contrato de Joel Santana até 31 de dezembro, o presidente Zezé Perrella explicou: “Foi um acordo entre a gente. O próprio Joel preferia fazer contrato até dezembro. Poderia ser de três anos. Todo contrato foi feito para ser rescindido. Se ele estiver feliz aqui, isso pode ser prorrogado. Se estiver dando certo, não muda nada. Contrato longo é garantia para o próprio treinador”.

 

 

* Matéria do site oficial do Cruzeiro

Últimas notícias

Comentários