Respeito ao sinal vemelho

28/06/2011 13:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
None (foto: Divulgação)

Desde a segunda-feira, 27 de junho, estão em funcionamento em BH 23 detectores de avnaço de sinal. No primeiro dia de operação os equipamentos registraram 818 veículos em situação de infração, no intervalo entre 8h e 21h.

 

De acordo com diretor de Ação Regional e Operação da BHTrans, Edson Amorim, o principal objetivo da instalação dos detectores de avanço de semáforo é contribuir para redução do número de acidentes fatais e não fatais em cruzamentos, sobretudo em relação aos atropelamentos. Uma das principais dúvidas dos motoristas, já que os equipamentos fiscalizam durante 24 horas, é sobre o avanço de semáforo em virtude de riscos de assalto ou para dar passagem para ambulâncias. Edson Amorim esclareceu que “o sistema de câmeras possibilita analisar o contexto em que o condutor realizou o avanço e, assim, serão descartadas as infrações cometidas em função do motorista dar passagem para veículos em situação de emergência, como ambulâncias, ou mesmo em caso de risco à segurança”.

 

Sobre o funcionamento do equipamento, o detector é ativado somente quando o veículo ultrapassa a linha de retenção com o foco vermelho. No foco amarelo, o detector não é acionado. “Os motoristas devem ficar atentos no sinal em amarelo e respeitarem a sinalização semafórica de toda a capital, independente da existência ou não de detector no local. Desta maneira, reduziremos os índices de acidentes, propiciando um trânsito mais seguro em Belo Horizonte”, salientou Edson Amorin.

De acordo com a BHTrans, os locais dos detectores de avanço de semáforo foram escolhidos seguindo critérios de estudos técnicos, sendo consideradas as interseções com maior incidência de acidentes, que levou em consideração também o tipo e o grau de severidade deles. Avançar o sinal vermelho do semáforo é uma infração gravíssima, gera sete pontos na carteira e multa de R$ 191,54. Faixas de pano foram afixadas nas vias onde os equipamentos foram implantados e folhetos informativos estão sendo distribuídos orientando os condutores sobre o início da fiscalização.

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), morrem a cada ano no mundo 1,3 milhão de pessoas em acidentes de trânsito e 50 milhões são lesionadas. No Brasil, 37 mil pessoas morrem e 400 mil são lesionadas a cada ano. Isso equivale a uma pessoa morta a cada 15 minutos em decorrência de acidentes de trânsito. É como se um avião com 102 pessoas a bordo caísse a cada dia.

 

 

Conheça os pontos de instalação dos detectores:

Últimas notícias

Comentários