Agora nacional, New Fiesta chega mais competitivo

Importado do México, o New Fiesta agradava, mas tinha preço pouco competitivo. Agora fabricado no país, chega com preço reposicionado. Resta saber se qualidade não foi prejudicada com nacionalização do modelo.

por Fábio Doyle 22/04/2013 16:28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)

O New Fiesta, até agora importado do México, passa a ser nacional em sua versão 2014, lançada neste final de semana em Foz do Iguaçu, no Paraná.

Entre as novidades, o veículo traz duas opções de motores da família Sigma - o 1.6 16V TiVCT Flex com duplo comando de válvulas variável e independente e o 1.5 DOHC 16V Flex, ambos de alumínio e com sistema eletrônico de partida a frio Ford Easy Start, sem a necessidade de reservatório de gasolina. São, segundo o fabricante, os mais potentes e econômicos em sua faixa.

O New Fiesta Hatch 2014 é equipado, opcionalmente, com a transmissão automática PowerShift e, na versão Titanium, tem sete airbags. Traz ainda, conforme a versão, controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, sistema de conectividade SYNC e a chave programável MyKey. O lançamento do novo carro no Brasil é quase simultâneo ao da Europa, e ocorre antes dos Estados Unidos e da Ásia.

De acordo com o fabricante, o motor Sigma 1.6 TiVCT desenvolve a potência de 130/125 cv com etanol e gasolina, respectivamente, acelera de 0 a 100 km/h em 12,1 segundos (etanol) e atinge a velocidade máxima de 190 km/h. No consumo, conta com a classificação A de eficiência do INMETRO/CONPET: faz 7,9 km/l com etanol e 11,4 km/l com gasolina na cidade e roda 9,9 km/l com etanol e 13,9 km/l com gasolina na estrada, na versão PowerShift.

O novo motor Sigma 1.5 DOHC Flex, também em alumínio, tem 16 válvulas e potência de 111/107 cv com etanol e gasolina, respectivamente.

O New Fiesta Hatch 2014 é o primeiro veículo da marca a usar o sistema Ford Easy Start, que aquece a linha de combustível quando necessário para a partida a frio, através de sensores. Essa tecnologia dispensa a necessidade do reservatório (tanquinho) de gasolina e está disponível em todas as versões.

O New Fiesta 1.6 conta com transmissão manual IB5 ou a automática PowerShift de seis velocidades e dupla embreagem, usada pela primeira vez em compactos no Brasil, explica Steven Amstrong, presidente da Ford Brasil. A versão 1.5 utiliza a transmissão IB5 manual.

A transmissão automática do New Fiesta Hatch permite a seleção de diferentes modos de condução, de acordo com o estilo do motorista: D, para trocas de marcha suaves e econômicas; S, esportivo, com um nível de rotação mais alto e preparado para retomadas; e manual sequencial SelectShift, para o motorista usar a faixa de rotação de sua preferência.

Nas versões 1.6 o New Fiesta Hatch 2014 traz o sistema de conectividade SYNC, que permite interação com telefone celular e músicas por comando de voz. A versão 1.5 conta com o sistema MyConnection Gen. 3, com conexão USB e Bluetooth.

O veículo tem carroceria fabricada com a aplicação de aços ultrarreforçados e oferece 7 airbags, incluindo um de joelho para o motorista, na versão Titanium. Nas demais versões, o carro é equipado de série com dois airbags.

 Ainda nas versões 1.6 o lançamento da Ford oferecem controle de estabilidade e tração e o assistente de partida em rampa, além de freio ABS. A chave programável MyKey é item de série nas versões SE e Titanium.

Divulgação
(foto: Divulgação)


O New Fiesta traz a linguagem de design Kinetic 2.0 da Ford, aplicada também no Novo Fusion e no Novo EcoSport. A ampla grade dianteira é um dos seus elementos marcantes, junto com os para-choques envolventes, capô esculpido e faróis de desenho sofisticado. A lateral exibe um perfil ágil, com vincos que destacam o jogo de luz e sombra. A traseira curta tem aerofólio integrado na tampa do porta-malas e para-choque com elemento inferior em preto, que acentuam a esportividade.

A carroceria conta com seis cores para todas as versões: azul Califórnia, vermelho Arizona, vermelho Vermont, branco Ártico, preto Bristol e prata Dublin.  O painel traz uma tela multifuncional integrada nas versões SE e Titanium com o sistema SYNC. Os mostradores, de visual moderno, são na cor "Ice Blue", presente nos novos carros globais da marca. A versão Titanium também inclui bancos e volante revestidos em couro.

O New Fiesta é produzido em oito fábricas da Ford no mundo. Além de São Bernardo do Campo, em São Paulo, é fabricado também no México, Alemanha, Índia, Vietnã, Tailândia e em duas instalações na China.

A fábrica da Ford em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, recebeu investimento de R$800 milhões para a produção do novo modelo. O New Fiesta 2014 é oferecido em quatro versões: 1.5 S e SE e 1.6 SE e Titanium. O New Fiesta S 1.5 vem com: duplo airbag, freios ABS com EBD, direção elétrica, ar-condicionado, travas, espelhos e vidros dianteiros elétricos, sistema de som MyConnection Gen. 3 com conexão USB e Bluetooth, alarme volumétrico, rodas de 15 polegadas com calota integral, maçanetas e retrovisores na cor da carroceria e 3 anos de garantia, por R$38.990.

O New Fiesta SE 1.5 acrescenta rodas de liga leve de 15 polegadas, farol de neblina e pacote de acabamento SE, por R$42.490.

O New Fiesta SE 1.6 vem também com controle eletrônico de estabilidade e tração (AdvanceTrac), assistente de partida em rampa, ar-condicionado digital, vidros elétricos com abertura e fechamento global, sistema SYNC com comandos de voz em português e controles no volante e rodas de alumínio de 15 polegadas. Com transmissão manual, sai por R$45.490, e por mais R$3.500 (ou R$48.990), é possível levar a versão PowerShift.

O New Fiesta Titanium 1.6, topo de linha, vem com sete airbags, bancos e volante em couro, controle automático de velocidade, sensor de estacionamento, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, retrovisor interno eletrocrômico e rodas de alumínio de 16 polegadas, por R$51.490 na versão manual e R$54.990 na PowerShift.

A Ford ganrante que o New Fiesta tem a cesta básica de peças mais econômica do segmento. O plano de seguro oferecido pelos Seguros Ford em parceria com a Mapfre, que tem preço médio de R$1.855 em São Paulo, sem perfil do condutor.

A meta para o hatch é chegar à liderança do sub-segmento dos compactos com motor acima de 1 litro. Na lista de rivais oferecida pela própria Ford, constam Toyota Etios, Chevrolet Onix e Agile, Citroën C3, Renault Sandero, Fiat Palio e Punto, Volkswagen Gol e Fox e Hyundai HB20, cujos propulsores variam de 1,3 a 1,6 litro. Os do New Fiesta são de 1,5 e 1,6 litro.

Para ficar à frente de todos eles, o carro da Ford terá de emplacar pelo menos 6 mil unidades por mês (em 2012, o mundo comprou 600 mil New Fiesta). No Brasil, a fabricante americana segue ameaçada de perder o quarto lugar nas vendas de veículos novos. Antes, a incomodava apenas a Renault, mas agora há também a Hyundai. A vantagem da Ford é de cerca de 3 pontos percentuais sobre a quinta.

Últimas notícias

Comentários