Açúcar é destaque das exportações mineiras no primeiro quadrimestre

Além dele, soja, carnes e produtos florestais também ajudaram para que as exportações do estado, no agronegócio, chegassem a US$ 2,3 bilhões

por Agência Minas 15/05/2013 18:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alcione Ferreira/DP/D.A Press
(foto: Alcione Ferreira/DP/D.A Press)
As exportações do complexo sucroenergético – açúcar e etanol – em Minas Gerais, no período de janeiro a abril de 2013, somaram US$ 264,6 milhões, de acordo com o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. As vendas nesse segmento foram 37,19% superiores às do primeiro quadrimestre de 2012.

O superintendente de política e economia agrícola da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, João Ricardo Albanez, explica que na comercialização externa desses produtos, o principal responsável pelo resultado positivo foi o açúcar, que atingiu US$ 252 milhões, o que representa aumento de 42,5% em relação ao mesmo quadrimestre de 2012. “Houve ainda o impulso dos embarques do açúcar, que alcançaram 540,5 mil toneladas, crescimento de 76,8%”.

Já a soja participou com exportações no valor de R$ 260,3 milhões, crescimento de 63,4%. Os embarques cresceram 55,9% e alcançaram 482,7 mil toneladas. Albanez destaca também os resultados das exportações do complexo carnes, como a bovina. Nesse grupo, a receita foi de US$ 133,5 milhões, com embarques de 30,3 mil toneladas, aumentos de 37,2% e 46,9%, respectivamente.

As exportações de frango por Minas atingiram US$ 131,6 milhões, uma variação positiva de 27,5% em relação ao primeiro quadrimestre de 2012. E a carne suína teve vendas externas de US$ 39,3 milhões, cifra 4,4% maior que a registrada no período anterior.

O superintendente ainda considera que a receita dos produtos florestais nas exportações mineiras do agronegócio, nos quatro primeiros meses deste ano, contribuiu com 9,1% do total. “A cifra obtida (US$ 212,8 milhões) equivale a um aumento de 11,4% em relação à registrada entre janeiro e abril de 2012”, acrescenta.

As exportações totais do agronegócio estadual ficaram em US$ 2,3 bilhões, cifra 2% abaixo da receita registrada no período equivalente do ano passado. Esse valor, segundo o superintendente, foi alcançado por causa da melhoria das exportações principalmente das carnes, açúcar, soja e produtos florestais, já que o café, principal item das exportações mineiras do agronegócio, apresentou no primeiro quadrimestre uma receita de US$ 1,1 bilhão, 20,2% inferior à alcançada no mesmo período de 2012.

Para Albanez, “a expansão das vendas externas dos diversos produtos do agronegócio tem assegurado receita para o Estado nesse momento de redução dos preços no mercado internacional”.  

Exportações do agronegócio mineiro (janeiro-abril 2013 x janeiro-abril 2012):

  • Açúcar e etanol: US$ 264,6 milhões (+37,19%)
  • Soja: R$ 260,3 milhões (+63,4%)
  • Carne bovina: US$ 133,5 milhões (+37,16%)
  • Frango: US$ 131,6 milhões (+27,5%)
  • Carne Suína: US$ 39,3 milhões (+4,4%)
  • Total: US$ 2,3 bi (-2%)

Últimas notícias

Comentários