Produção de trigo em Minas deve crescer 20% na safra 2013/2014

Alto Paranaíba, o Triângulo e o Noroeste são as principais regiões produtoras do estado, que deve colher cerca de 98,3 mil toneladas de trigo

por Agência Minas 19/08/2013 15:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
FreeDigitalPhotos.net
(foto: FreeDigitalPhotos.net)
A produção mineira de trigo, no período 2013/2014, deve somar 98,3 mil toneladas, um crescimento da ordem de 22% em relação à safra anterior, segundo levantamento de plantio divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) – órgão federal vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

De acordo com avaliação da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a estimativa tem por base a ampliação de 38,1% da área com lavouras de trigo no estado, que alcança atualmente 29,7 mil hectares: "O plantio do cereal representa atualmente uma boa alternativa para o aproveitamento do solo no período de inverno", diz João Ricardo Albanez, superintendente de política e economia agrícola da secretaria estadual. Ele ainda acredita que a valorização do cereal serviu de estímulo para a expansão das lavouras: "Além disso, o atendimento à demanda interna de trigo está comprimido principalmente por causa da decisão da Argentina de travar as exportações do produto, e houve quebra de produtividade no sul do Brasil por ocasião das geadas". Os agricultores que não tiveram perda expressiva de produção poderão obter lucros devido aos preços compensadores do produto.

Outro ponto que favorece a produção mineira é que o estado é privilegiado em termos de comercialização, pois o trigo é colhido na entressafra brasileira e argentina, encontrando um mercado comprador com preços mais competitivos. A proximidade aos principais centros consumidores também é um facilitador, tornando a logística mais barata para a cadeia produtiva.

O Alto Paranaíba, o Triângulo e o Noroeste mineiros são as principais regiões de plantio de trigo do estado, com uma produtividade em torno de 3 mil quilos por hectare para o tipo sequeiro, enquanto a produtividade nacional está em torno de 2,7 mil quilos por hectare. As demais regiões mineiras também têm condições de desenvolver a cultura irrigada, quando é possível alcançar produtividade em torno de 6 mil quilos por hectare.

Para o secretário de estado Elmiro Nascimento, Minas possui condições ideais para a cultura do trigo. "Temos um solo altamente apropriado, clima estável, possibilidade de colheita em tempo seco e variedades adaptadas ao cerrado. Além disso, contamos com uma localização estratégica, próxima dos grandes centros consumidores, bem como políticas de incentivo ao setor”, conclui. O secretário de agricultura afirma ainda que o governo estadual já reduziu de 12% para 2% a alíquota do ICMS sobre o trigo exportado de Minas para outros estados, equalizando o tributo com os demais produtores no país. “Essa era uma antiga reivindicação dos produtores mineiros e que foi atendida pelo governador Antonio Anastasia”, diz Nascimento.

Mais soja e amendoim

O levantamento da Conab confirma também o bom desempenho alcançado pela soja em Minas Gerais no período 2012/2013, com uma produção de 3,4 milhões de toneladas. Nesse caso, o crescimento é de 10,3% em relação à safra anterior. A área plantada no Estado teve uma expansão de 9,5%, ao atingir 1,1 milhão de hectares.

Já o amendoim teve crescimento percentual de 2,2%, para uma safra de 9,2 mil toneladas em Minas Gerais no mesmo período analisado. Ainda neste segmento, o resultado também se deve à expansão das lavouras, que atingiram 2,8 mil hectares, área 7,7% superior à utilizada na safra 2011/2012 no Estado.

Últimas notícias

Comentários