Processo de modernização arquitetônica é debatido em BH

por Da redação com Ascom/PBH 19/09/2013 15:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
PBH/Reprodução
(foto: PBH/Reprodução)
A Fundação Municipal de Cultura, por meio do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, apresenta a palestra "A arquitetura política e cultural do tempo histórico na modernização de Belo Horizonte (1940-1945)", da professora Denise Marques Bahia. O encontro faz parte do projeto Novos Registros – Banco de Teses sobre BH e acontece dia 24 de setembro, às 19h, no Auditório do Museu Histórico Abílio Barreto, Av. Prudente de Morais, 202 - Cidade Jardim. A entrada é gratuita.

A tese de doutorado em História, "A arquitetura política e cultural do tempo histórico na modernização de Belo Horizonte (1940-1945)", defendida na UFMG em 2011, aborda a construção política e cultural do tempo histórico na modernização de Belo Horizonte, na década de 40, e investiga as condições políticas e sócio-históricas em que se desenvolveu.

O trabalho da professora da PUC Minas analisa o modernismo, movimento cultural surgido na década de 1920, que fundamentou a construção simultânea da Pampulha (1942- 1943) e do então chamado Museu Histórico de Belo Horizonte (1941-1943). Nesta perspectiva, a tese aborda as relações entre o Estado e os principais atores do campo arquitetônico, naquele período, para iluminar a construção política e cultural do tempo e o significado identitário e histórico da arquitetura e das instituições de memória na modernização de Belo Horizonte na década de 1940.

Os espectadores terão direito a um certificado de participação. O documento deve ser solicitado por meio do livro de presença disponível no dia do evento e a sua entrega acontecerá ao final do debate.

Os trabalhos que compõem o projeto Novos Registros podem ser consultados, pessoalmente, no Banco de Teses do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte, localizado na Rua Itambé, 227, Floresta. 

Últimas notícias

Comentários