Nova fábrica da Mercedes-Benz no Brasil começa a operar em 2016

por Agência Brasil 01/10/2013 16:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Scx.hu/Reprodução
(foto: Scx.hu/Reprodução)
Com investimentos de aproximadamente R$ 500 milhões e a criação de mil empregos diretos, a nova fábrica da Mercedes-Benz, anunciada hoje, será a décima a abrir no país, após o lançamento do Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da Cadeia Produtiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto). A nova unidade de veículos de passeio que será sediada em Iracemápolis (SP), entrará em operação em 2016, de acordo com o presidente da empresa no Brasil, Philipp Schiemer, que fez o anúncio hoje (1º) junto com o presidente mundial, Andreas Renschler, após se reunirem com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto.

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel  disse que o anúncio da nova fábrica confirma o sucesso do Inovar-Auto, com geração de emprego e renda. "Com a chegada das empresas do segmento premium – já vieram a Audi, a BMW e, agora, a Mercedes -, nós estamos entrando num nicho que interessa muito para a nossa indústria como um todo que é o nicho de alta tecnologia", disse o ministro, ressaltando a importância de empresas com tecnologia de ponta para a transferência de conhecimento e capacitação da mão-de-obra brasileira.

O Inovar-Auto incentiva a fabricação de automóveis a partir incentivos, como a desoneração o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em até 30%, para empresas que estimulem a inovação, pesquisa e desenvolvimento no país. "A gente acha que, com a nova política Inovar-Auto nós temos regras muito claras até 2017, o que nos leva a crer que só com uma fábrica produtiva aqui no Brasil a gente pode participar do crescimento do mercado brasileiro", comentou Schiemer.

Segundo ele, o mercado de carros de luxo no país atualmente gira em torno de 30 mil unidades vendidas, mas a expectativa é que chegue a 100 mil até 2017. O presidente mundial, Renschler, disse que as perspectivas do mercado brasileiro são positivas e incentivam a produção. "Nós confiamos no futuro do mercado Brasileiro e é por isso que tomamos a decisão de produzir veículos de passeio no Brasil", disse, lembrando que a Mercedes tem outras duas fábricas no país: uma em Juiz de Fora (MG), de caminhões, e outra em São Bernardo do Campo (SP), de caminhões e ônibus.

O ministro Pimentel adiantou que, na próxima semana, executivos da Volkswagen se reunirão com a presidenta Dilma para anunciar a ampliação de sua produção no Brasil. A empresa inglesa Land Rover,também poderá confirmar em breve a construção de uma fábrica no Brasil, falta apenas decidir o local.

Últimas notícias

Comentários