Vendas do comércio continuam em alta, mesmo que modesta

por Vitor Abdala - Agência Brasil 15/10/2013 13:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marcelo Ferreira/CB/D.A Press
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
O comércio varejista teve crescimento de 0,9% no volume de vendas de julho para agosto e registrou a sexta alta consecutiva. Além disso, houve aumento de 1,2% na receita nominal nesse mesmo período. Os dados fazem parte da pesquisa mensal de comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os oito setores analisados pelo IBGE, seis tiveram alta no volume de vendas em agosto na comparação com julho. O destaque ficou com o segmento de equipamento e material para escritório, informática e comunicação, com crescimento de 7,6%. Também tiveram alta os artigos farmacêuticos, médicos e perfumaria (1,1%), livros, jornais e papelaria (0,9%), móveis e eletrodomésticos (0,8%), supermercados e comércio de alimentos (0,6%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,1%).

Apenas dois setores tiveram queda no volume de vendas de julho para agosto: tecidos, vestuário e calçados (1%) e combustíveis e lubrificantes (0,7%).

O comércio varejista ampliado, que também considera os setores de veículos e peças e de material de construção, teve um crescimento menor: 0,6%. Os veículos, motos, partes e peças registraram aumento de 2,6% no volume de vendas, enquanto os materiais de construção tiveram alta de 0,8%.

Na comparação com agosto de 2012, o varejo teve alta de 6,2% no volume de vendas e de 13,6% na receita nominal. No acumulado do ano, o comércio varejista teve crescimentos de 3,8% no volume e 11,9% na receita. Em 12 meses, o varejo acumula altas de 5,1% no volume e 12,2% na receita.

Últimas notícias

Comentários