Taxa de juros deve ficar em 10% ao ano

por Kelly Oliveira - Agência Brasil 25/11/2013 12:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

A taxa básica de juros, a Selic, deve voltar a ter dois dígitos. A expectativa de instituições financeiras consultadas semanalmente pelo Banco Central (BC) é que a Selic seja elevada em 0,5 ponto percentual, chegando a 10% ao ano, na última reunião do ano do Comitê de Política Monetária do BC, marcada para a última semana de novembro.

Em 2013, a Selic foi elevada em 0,25 ponto percentual, em abril, e em 0,5 ponto percentual em maio, julho, agosto e outubro. No próximo ano, a expectativa das instituições financeiras é que a Selic continue a subir. A projeção para o final de 2014 passou de 10,25% para 10,50%.

A Selic é usada pelo BC como instrumento para influenciar a atividade econômica e, por consequência, a inflação. Quando a inflação está em alta, o Copom eleva a Selic para reduzir a pressão sobre os preços.

Cabe ao BC perseguir a meta de inflação que é 4,5%, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Para essa meta é considerado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que na avaliação dos analistas do mercado financeiro deve fechar o ano em 5,82%. A estimativa da semana passada era 5,84%. Para 2014, a projeção para o IPCA subiu de 5,91% para 5,92%.

A pesquisa do BC também traz a projeção de inflação para outros índices. A mediana (desconsidera os extremos nas projeções) das expectativas para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, que foi ajustada de 3,95% para 3,97%, este ano, e de 5,39% para 5,40%, em 2014.

Últimas notícias

Comentários