Novos radares fixos são implantados em BH

por Da redação com Ascom/PBH 26/02/2014 17:56

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Bhtrans.pbh.gov.br/Reprodução
(foto: Bhtrans.pbh.gov.br/Reprodução)
 
 
Desde terça-feira, dia 25 de fevereiro, 14 novos equipamentos fixos de fiscalização eletrônica de controle de velocidade começaram a operar em Belo Horizonte. A implantação desses equipamentos ocorre em função de um aditivo de 25% ao contrato assinado em 2011, nos termos do artigo 65, parágrafo 1º, da lei 8.666/93, e da relocação de equipamentos desligados em função das obras na avenida Dom Pedro I.

Inicialmente, entraram em operação 14 equipamentos e outros quatro estão em fase final de implantação, totalizando, assim, 18 controladores eletrônicos de velocidade (do tipo radar fixo), sendo dois por relocação e 16 novos (equivalentes ao percentual aditado). Faixas de pano foram instaladas nos locais para alertar os motoristas sobre o início da operação.

Os locais foram devidamente sinalizados com placas de velocidade máxima permitida "60 km/h", conjugadas com placas indicativas de "Fiscalização Eletrônica". Os equipamentos foram verificados e aprovados pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado de MG (Ipem-MG). No Diário Oficial do Município (DOM) do dia 9 de janeiro de 2014 foi publicada a portaria de homologação dos referidos equipamentos. 

Novos radares instalados:


Radares em fase de implantação:


Novos equipamentos de avanço de sinal 

Também começaram a operar nesta terça, 25, em Belo Horizonte, seis novos equipamentos detectores de avanço semafórico. Eles vão funcionar na avenida dos Andradas com rua dos Caetés (sentido Centro/ bairro), na avenida Amazonas com avenida do Contorno (nos dois sentidos), na avenida do Contorno com avenida Amazonas, no sentido Barro Preto, na avenida do Contorno com avenida Amazonas, no sentido Savassi e na avenida Afonso Pena com avenida Getúlio Vargas. 

Para a escolha dos locais de implantação de detectores de avanço do sinal vermelho do semáforo, a BHTrans segue critérios de estudos técnicos que consideram os locais com maior incidência de acidentes, o fluxo de pedestres, o tipo e a quantidade de acidentes com e sem vítimas, inclusive com óbitos, o número de acidentes por período, o grau de severidade dos acidentes e o tipo de veículo envolvido, entre outros fatores.

O principal objetivo da instalação dos detectores de avanço semáforo é humanizar o trânsito da capital, contribuindo de forma efetiva para redução do número de acidentes, principalmente de atropelamentos, fatais e não fatais em cruzamentos, trabalhando para melhorar as condições de segurança e mobilidade, através do respeito ao semáforo e aos pedestres. Os equipamentos fazem parte de um aditivo ao contrato assinado em 2011. Faixas de pano alertando para o início da fiscalização foram implantadas nos locais.


Últimas notícias

Comentários