Novo Corolla parece sorrir

O lançamento da montadora japonesa Toyota traz a novidade do sistema de transmissão multi-drive, que simula, através de software, sete marchas

por Fábio Doyle* 12/03/2014 15:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
O Novo Corolla possui dois modelos de motor, 1.8 e 2.0, e o sistema de marchas inovador, o multi-drive, que simula a sétima marcha (foto: Divulgação)

CAMPINAS (SP) - Quem tem não quer saber de outro carro. Sedã preferido dos consumidores conservadores, que querem apenas um carro que o transporte e a sua família com conforto e segurança, que não o deixe na mão por falhas mecânicas e, o mais importante, que não necessite de assistência técnica constante, o Corolla conquistou o mercado.

É um carro sem arrojos, de design discreto, e com relação custo benefício interessante. E assim continua sendo na nova geração que agora chega ao Brasil. O design foi atualizado com linhas mais côncavas e fluidas, beneficiando a aerodinâmica. O carro cresceu em comprimento e largura, mas as alterações mais importantes foram mesmo as novas dimensões de espaço interno. A distância entre eixos cresceu em 10 centímetros, os bancos dianteiros ficaram mais finos e a consequência foi maior espaço para as pernas e pés de que viaja atrás, uma das reclamações em relação á geração do Corolla que agora fica no passado.

São quatro as versões do Novo Corolla: GLi 1.8L com transmissão manual de seis velocidades; GLi 1.8L com transmissão automática multi-drive, que simula sete velocidades no modo Drive e no modo sequencial, por meio de trocas na alavanca de transmissão; e XEi e Altis, ambos 2.0L e equipados com transmissão automática multi-drive, que simula sete velocidades no modo Drive e ainda oferece ao motorista trocas de marchas manuais no modo sequencial, tanto na alavanca do câmbio quanto por meio de borboletas localizadas atrás do volante.

Os bancos receberam espumas de revestimento mais densas e tiveram aumentadas as abas laterais, acomodando de maneira mais ergonômica o corpo dos ocupantes. Também houve melhora no ajuste de altura do banco, deslocando-se verticalmente de 4,5 cm para 6 cm. Já o ajuste de profundidade foi ampliado de 24 cm para 26 cm.

Para incrementar ainda mais o espaço para o motorista, o conjunto dos pedais foi deslocado em 1 cm para frente.

Com relação às dimensões gerais, o Novo Corolla possui as seguintes medidas: 4,62 metros de comprimento (+ 8 cm, comparado à geração anterior); 1,775 metro de largura (+ 8 cm, comparado à geração anterior); 1,475 metro de altura (- 5 cm, comparado à geração anterior).

Dirigir o novo Corolla é agradável. O carro roda macio e firme, o nível de ruído é baixo, os bancos são confortáveis, a direção é precisa e firme e os comandos do painel e volante são de fácil acesso. A Toyota informou que a 100 km/h, o Novo Corolla gera 63.8 decibéis, contra 66.6 decibéis registrados pela geração anterior.

Em todas as versões o painel dianteiro tem linhas horizontais, mas a diferença entre o da versão de entrada para os mais caros é gritante. A mais simples nos pareceu espartana em demasia. Já o painel que traz a tela multimídia central é mais adequado ao luxo sem exageros que o carro propõe.

A qualidade do acabamento interno é também adequada. Na versão de entrada o revestimento é em tecido e nas mais caras, o couro predomina. Uma curiosidade é que nos bancos, as superfícies em que o corpo fica em contato constante o couro é animal e nas bordas, na parte de trás do encosto e no encosto de cabeça a Toyota utiliza couro sintético. Uma solução que reduz o custo sem prejudicar o conforto dos passageiros.

Em todas as versões o sistema de som é integrado com conexão Bluetooth e entradas auxiliares tipo USB, para iPod e similares.

Divulgação
(foto: Divulgação)
Equipamentos

A Toyota recheou o Novo Corolla com uma lista de itens de conforto e conveniência ampla, desde a versão de entrada GLi, que vem equipada com direção eletroassistida progressiva, ar-condicionado com controle manual, chave do tipo canivete, com comandos do alarme integrados, múltiplos porta-objetos nas portas e no console central, computador de bordo com seis funções (consumo médio e instantâneo, indicador Eco Drive, autonomia, velocidade média, tempo de percorrido, controle de iluminação do painel e temperatura externa), coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, hodômetro e relógio digital, sistema de som com conectividade USB para iPod® e similares e dispositivo Bluetooth®, farol de neblina, vidros e retrovisores com acionamento elétrico, volante multifuncional, entre outros.  

Segurança

Além da carroceria com deformação programada e do desenho frontal projetado para minimizar os danos a pedestres em caso de acidentes, o modelo traz, de série, cinco airbags nas versões GLi e XEi (dois frontais, dois laterais nos bancos dianteiros e um de joelho para o motorista), sistema de ancoragem ISOFIX para cadeiras infantis nos bancos traseiros, travamento automático das quatro portas a 20 km/h, cintos de segurança com pré-tensionador e limitador de força e freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem. Na versão superior, a Altis, o Novo Corolla Altis agrega mais dois airbags, do tipo cortina, totalizando sete bolsas de proteção.

Motor

O Novo Corolla conta com dois tipos de motorização, ambas bicombustível, agora com o sistema de partido a frio, que elimina a necessidade de uso do tanquinho de gasolina auxiliar.

A opção 1.8L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, rende 139 cv a 6.000 rpm,quando abastecido com gasolina; e 144 cv, também a 6.000 giros, com etanol. O torque máximo nesta configuração é de 17,7 kgfm (com gasolina) e 18,4 kgfm (com etanol), sempre a 4.200 rpm.

Já o 2.0L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, rende 143 cv de potência a 5.600 rpm,  quando abastecido com gasolina, e 154 cv de potência a 5.800 giros, com etanol. O torque máximo nesta configuração é de 19,4 kgfm a 4.000 rotações (com gasolina) e 20,3 kgfm a 4.800 giros (com etanol).

Transmissão multi-drive

A nova geração do Corolla oferece dois tipos de transmissões, uma manual de seis velocidades, na versão de entrada GLi, e a exclusiva transmissão automática multi-drive, presente nas demais.

A transmissão multi-drive deriva da tecnologia CVT tem como diferencial um software de gerenciamento, que simula sete marchas.

Nas versões superiores XEi e Altis, as trocas sequenciais podem ser feitas também por meio das borboletas localizadas atrás dos volantes e contam também com a tecla “Sport Mode” que, quando acionada, altera o mapeamento do software de gerenciamento da transmissão e levam o carro a um comportamento dinâmico mais esportivo.

Desempenho

A montadora garante que, na versão 2.0L, o Corolla está agora 15% mais rápido no teste de aceleração de 0 a 100 km/h e 27% mais ágil no teste de retomada entre 80 km/h e 100 km/h.

Nos modelos equipados com a transmissão Multi-Drive, o Novo Corolla precisa de 9,6 segundos para ir da imobilidade a 100 km/h, quando abastecido com etanol. Os testes divulgados pela Toyota foram conduzidos pelo Instituto Mauá de Tecnologia e as condições simularam um uso regular do veículo, ou seja, ar-condicionado ligado e dois passageiros a bordo.

O novo sedã da Toyota também já foi submetido à avaliação do Programa de Etiquetagem Veicular do INMETRO, e recebeu a nota A em todas as versões de motorização e transmissão. Os dados de consumo aferidos foram os seguintes:


Preços

O Corolla tem personalidade sóbria e conservadora, mas seus preços são bem arrojados e podem representar a principal dificuldade em fazer crescer as vendas desse cobiçado sedã. Os preços sugeridos para a nova geração ficaram entre R$ 800 e R$ 2.000 reais mais caros, dependendo da versão, em relação a geração anterior. Seus concorrentes são vários, mas o principal é outro japonês, o Honda Civic, que tem preços sugeridos inferiores, variando entre R$ R$ 64.350 e R$ 72.760.

Veja a tabela de preços do Novo Corolla:

  • 1.8L GLi Manual – R$ 66.570
  • 1.8L GLi Multi-Drive – R$ 69.990
  • 2.0L XEi Multi-Drive S – R$ 79.990
  • 2.0L Altis Multi Drive S – R$ 92.900

Com o novo Corolla, a Toyota tenta tirar de seu sedã a fama de ser um carro para pessoas mais velhas. Ela quer agradar também os jovens. Esse fato gerou polêmicas e debates entre os jornalistas que participaram do lançamento. Não faltou que tivesse gostado muito do carro, a ponto de dizer que na apresentação do modelo o novo Corolla subiu ao palco parecendo sorrir para a plateia.










*O jornalista viajou a convite da Toyota do Brasil

Últimas notícias

Comentários