Especialista monta lista de itens essenciais para se colocar numa bagagem de mão

Cansaço devido a longas viagens ou extravio de mala podem ser amenizados quando o passageiro carrega consigo os artigos certos. Saiba o que se deve levar quando for viajar de carro, ônibus ou avião para não passar aperto em imprevistos

por Fernanda Nazaré 12/06/2014 10:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Iano Andrade/CB/D.A Press
Levar itens importantes na bagagem de mão pode fazer toda a diferença quando se está numa situação de emergência (foto: Iano Andrade/CB/D.A Press)
O voo de conexão é cancelado e você tem de dormir em um hotel; após viajar horas, descobre que sua mala não chegou junto, ou seja, foi extraviada. O problema nesses casos é que pijama, roupas limpas e itens de higiene pessoal, por exemplo, estão dentro da mala, que ficou dentro de uma aeronave. Situações como essas, em que aprendemos na "marra" lições básicas de viagem, podem ser resolvidas quando se prepara de forma correta uma simples bagagem de mão.

Chegar ao destino de sua viagem sem as malas – quando ocorre o extravio – especialmente quando se faz conexão, não é tão comum quanto se imagina, mas acontece. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), as quatro maiores companhias aéreas nacionais (Azul, Avianca, Gol e TAM) registraram 2,8 extravios de bagagem a cada mil embarques no ano de 2012 – o que dá uma média de 0,0028 'sumiços' por passageiro transportado pelas empresas. Um número relativamente baixo, mas que não deixa de ser um desconforto para quem entra nessa estatística.

Aproveitando a chegada das férias, conversamos com a consultora de organização pessoal Agni Melo, que deu todas as dicas de como 'sobreviver' a três tipos de viagens, levando itens essenciais em uma bagagem de mão. De acordo com a Infraero, em voos domésticos, a bagagem de mão não pode ser maior que 115 cm (considerando altura, comprimento e largura) e o peso máximo é de 5 kg.

Para viagens consideradas internacionais – às vezes se faz um trecho num voo com destino ao exterior –, a especialista alerta para proibições, o que restringe os produtos que se pode levar nas malas de mão: "É importante observar sempre as normas dos países de destino e da Agência Nacional de Aviação Civil [Anac], pois existem restrições". Por exemplo, xampus, cremes, perfumes, spray de cabelo, creme dental e até isqueiros, não podem ser levados dentro do avião, acompanhando o passageiro.

De mochilão, avião ou carro, veja o que não pode faltar à mão para eventuais desvios no roteiro e mesmo em situações de emergência:

Últimas notícias

Comentários