Especialista dá dicas de como cuidar dos pés e evitar unhas encravadas

Se cortadas de maneira errada, até as unhas de bebês podem crescer de maneira não uniforme, ou seja, entrando nas laterais do dedo. Saiba como prevenir esse problema e também como cuidar de seus pés

por Fernanda Nazaré 14/06/2014 09:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
FreeDigitalPhotos.net
Cortar as unhas de forma correta ajuda a evitar que fiquem encravadas (foto: FreeDigitalPhotos.net)
Quando se fala de cuidados com os pés, a primeira coisa que vem à mente – especialmente na das mulheres – é qual a cor do esmalte usar. Porém, muitas deixam de lado cuidados básicos para a saúde dessa parte do corpo, que só é lembrada quando os problemas como calos, micoses ou unha encravada aparecem. Nessa hora, resta apelar para ajuda de um profissional: o podólogo. Ele é responsável por estudar, previner, diagnosticar e tratar as alterações dos pés e as suas repercussões no corpo humano.

Tarefas simples em nosso dia a dia, como cortar as unhas, pode se tornar um problema, ainda mais se executada de forma errada, deixando o corpo exposto a bactérias, que podem gerar infecções e outros transtornos. Afinal, os pés são o único ponto básico de apoio e locomoção do corpo, sendo responsável pelos músculos que atuam sobre o tronco, os quadris e as pernas. Quando se está com a unha encravada, por exemplo, é necessário usar uma espécie de "aparelho" – parecido com o dos dentes – para consertá-la.

Unha com curvatura ressaltada, afunilada ou pressionada nas bordas pode ser aliviada com o uso de órtese ungueal, que é um tipo de aparelho corretivo. De acordo com a podóloga Claudete Leite, esse recurso corrige o crescimento da unha, através de um tratamento que pode durar meses. "O tipo de prótese mais usada é a chamada fibra de memória molecular, que é colocada sobre a unha, onde cria uma tração que evita o crescimento para as laterais", explica a especialista.

Segundo Claudete Leite, até crianças e bebês podem sofrer com unhas encravadas, devido ao corte errado feito pelos pais. "Os bebês nascem com as unhas planas, fáceis de encravar. O corte deve ser reto, sem cortar os cantos", explica. Outra dica é fazer massagens nas unhas dos bebês para evitar que elas encravem: "Sempre de dentro para fora", ensina a podóloga.

Tratar problemas nas unhas como o crescimento errado, pode levar tempo, demanda dinheiro e muita paciência. Para quem não quer ter de passar por isso, a podóloga dá importantes dicas sobre a saúde dos pés: "O melhor horário para comprar sapatos, por exemplo, é na parte da tarde. Nesse momento, os pés estão mais inchados e acabamos comprando o número certo, que não vai apertar depois".

All Pé/Divulgação
Uso de prótese para correção da curvatura da unha elimina a dor e não deixa que fique encravada (foto: All Pé/Divulgação)
Veja mais algumas dicas de como cuidar das unhas e dos pés:


  • Evite sapatos que pressionem as unhas, pois provocam descolamento, facilitando a entrada de fungos
  • Use sabonete antisséptico e seque entre os dedos para evitar a micose interdigital (a famosa frieira)
  • Quando for a uma esteticista aparar as unhas, solicite sempre alicates esterilizados
  • Para pés ressecados, use creme à base de ureia, e passe preferencialmente à noite
  • Lixar o calcanhar em excesso pode ressecá-lo ainda mais. O mais aconselhável é usar esfoliantes
  • Para não encravar as unhas, faça o corte reto, sem aparar os cantos
  • Para os idosos, o ideal é verificar os pés com o auxílio de um espelho, facilitando a visualização de fissuras e feridas

Últimas notícias

Comentários