Até agora, público nos jogos do mundial supera 3,165 milhões de torcedores

O Brasil já possui a segunda melhor média de público da história do maior evento esportivo mundial

07/07/2014 11:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Edson Rodrigues/Secopa/Divulgação
Média de público nos estádios brasileiros nos jogos da Copa só perde para a do mundial de 1994, nos Estados Unidos (foto: Edson Rodrigues/Secopa/Divulgação)
Desde que a bola começou a rolar na Copa do Mundo 2014, no dia 12 de junho, no confronto entre Brasil e Croácia, na arena Corinthians, em São Paulo, o torneio tem sido marcado, além das emoções dentro de campo, por uma verdadeira festa das torcidas nas arquibancadas.

Fazendo jus à fama de ser o "o país do futebol", o Brasil se orgulha de ter atingido neste mundial a segunda maior média de público da história das Copas. Até aqui, nas 60 partidas disputadas nas 12 arenas, o público total somou 3.165.627 torcedores. A média foi de 52.760 pessoas por partida.

Com isso, a Copa de 2014 perde apenas para o mundial de 1994, nos Estados Unidos, que registrou uma média de 68.991 torcedores por confronto, devido à enorme capacidade das arenas norte-americanas. Antes dos jogos no Brasil, o mundial da Alemanha, em 2006, registrava a segunda maior média de público, com 51.491 torcedores por confronto.

Por ser o maior estádio do país, o Maracanã, no Rio de Janeiro, registrou o maior número de torcedores: 444.415 pessoas acompanharam as seis partidas disputadas no estádio até aqui, uma média de 74.069 pessoas por partida. A arena  será o palco da grande final, no dia 13 de julho. O Maracanã registrou também o maior público da Copa até aqui, com 74.738 pessoas na vitória da Argentina sobre a Bósnia, no dia 15 de junho, por 2 x 1.

Portal da Copa/Divulgação
(foto: Portal da Copa/Divulgação)


Aproveite e confira imagens em tempo real de uma câmera instalada em frente ao estádio do Mineirão, que está disponível 24 horas no portal VejaaoVivo:



(com Portal da Copa)

Últimas notícias

Comentários