Mais juventude e autonomia no Classe C

Seguindo a estratégia da Mercedes-Benz de conquistar também consumidores mais jovens, seu novo modelo chega aos show rooms das concessionárias brasileiras da marca com estilo mais jovial

por Fábio Doyle* 18/08/2014 17:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Mercedes-Benz/Divulgação
Segundo a montadora alemã, apesar de ser maior que seus antecessores, o Classe C teve seu peso reduzido em 60 kg, o que reduziu o consumo de combustível em 20% (foto: Mercedes-Benz/Divulgação)

São Bernardo do Campo (SP) – O novo Mercedes Benz Classe C, em sua quinta geração, já está sendo vendido no Brasil. Redesenhado, com linhas mais arredondadas, dinâmicas e joviais, é o mais aerodinâmico do segmento (Cx de 0,24) e passou por todos os testes de segurança do Euroncap com nota máxima em todas as avaliações.

Equipado com motor 1.6 e 2.0 turbo, ele chega em quatro versões: C180 Avantgarde, C180 Exclusive, C200 Avantgarde e C250 Sport, A potência para as versões C180 é de 156 cv, para a C200 de 185 cv e para a C250 de 211 cv. Os preços começam em R$ 138.900 e chegam a R$ 189.900.

Entre as diversas novas tecnologias que traz, merece destaque o sistema de estacionamento (Active Park Assist), disponível na C200 e C250 Sport, que permite entrar e sair de vagas paralelas e perpendiculares sem nenhuma intervenção do motorista. O sistema oferecido até agora exige o motorista acione o acelerador e freio.

O novo Classe C, apesar de maior que a quarta geração teve seu peso reduzido em 60 kg graças ao uso intensivo de alumínio no motor e na carroceria e o consumo de combustível foi reduzido em 20%, informou o fabricante.

O novo Classe C teve o interior também redesenhado e recebeu acabamento de couro sintético para as versões C180 e C200 e de couro natural para a C250 Sport. O espaço interno é muito bom para um carro no segmento médio e o desenho dos bancos são perfeitos e encosto envolvente de ótima acomodação.

No painel do novo Classe C uma tela grande de cerca de oito polegadas ocupa a parte central superior do painel e mostra para o motorista as imagens do sistema multimídia com GPS. O controle pode ser feito pelo joystick que já existia e agora também por um touchpad que é operado como um mouse de computador. Outra solução inovadora é a tecla de seleção do estilo de condução com três alternativas: Comfort, Sport e Sport+. Todos os sistemas do carro podem ser controlados por meio de teclas no volante. O sistema de freio de estacionamento agora é elétrico.

Mercedes-Benz/Divulgação
(foto: Mercedes-Benz/Divulgação)


O sistema de transmissão é o 7G Tronic Plus, de sete velocidades, que permite passagens manuais por meio de borboletas atrás do volante.

Para desfazer a fama de carros com manutenção muito cara a Mercedes-Benz ampliou o prazo da primeira revisão para 10 mil km com preço fixo de R$ 750 e a possibilidade de contrato de manutenção para três anos no valor de R$ 2.350.

Com planos de vender 2.500 unidades até o final deste ano, o Classe C será o primeiro carro a ser produzido no Brasil na fábrica de Iracemápolis (SP), com inauguração prevista para o início de 2016. O segundo será o GLA, que a Mercedes planeja lançar no mercado brasileiro em setembro deste ano.



* O jornalista viajou a convite da Mercedes-Benz do Brasil

Últimas notícias

Comentários