Qualquer pessoa poderá ser técnico de futebol

Ao contrário do que existe hoje, em que os conselhos regionais de educação física exigem registro de treinador, um projeto na Câmara quer liberar a obrigatoriedade do diploma para exercício da profissão

17/09/2014 15:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Lucas Uebel/Grêmio FBPA/Divulgação
Hoje, para ser treinador de um time de futebol, é preciso ter registro no conselho regional de Educação Física e diploma na área (foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA/Divulgação)
A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 7113, de 2014, do deputado Arthur Oliveira Maia (SD-BA), que quer fazer com que qualquer pessoa possa exercer a profissão de treinador ou monitor de futebol.

saiba mais

O autor da proposta explica que os conselhos regionais de educação física têm exigido o registro dos treinadores profissionais de futebol junto às instituições, para que possam exercer a profissão. "Essa exigência tem causado grandes prejuízos a profissionais que, embora com grande experiência no esporte, não possuem diploma de curso superior de Educação Física, como é o caso dos ex-atletas", diz Maia.

Muitas decisões judiciais já se mostraram contrárias à restrição imposta pelos órgãos professionais, já que Lei 8.650/93, que regulamenta a profissão de treinador profissional de futebol, dá apenas prioridade aos diplomados em Educação Física, e às pessoas que à época tinham no mínimo seis meses de atuação na área.

(com Agência Câmara)

Últimas notícias

Comentários