Viagens ao espaço e hospedagem subaquática serão comuns em 2024

Pesquisa de empresa especializada em busca online de passagens aéreas revela impacto das tecnologias nas viagens do futuro

por Da redação com assessorias 10/10/2014 15:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Nasa/Reprodução
(foto: Nasa/Reprodução)
Quando seria possível imaginar que uma viagem ao espaço se tornaria uma opção de destino para as férias? Ou passar dias em um hotel submerso no mar contemplando cardumes de peixes? Sim, isso será possível em 2024, segundo a terceira parte do relatório Viagens no Futuro, divulgado pelo Skyscanner, site de pesquisa online de passagens aéreas, hospedagem e aluguel de carros.

O relatório traz informações detalhadas sobre o impacto das tecnologias nas viagens da década de 2020. O relatório conta como a experiência de viajar será repleta de novidades e destaca novos destinos ao redor do mundo, além de prever como as mídias sociais permitirão que os viajantes criem uma experiência única e intuitiva, com base nas necessidades e desejos de cada um.

Nasa/Reprodução
(foto: Nasa/Reprodução)
Viagens espaciais e hotéis subaquáticos

Em 2024, a órbita terrestre será um destino acessível para os que possuem alto poder aquisitivo, segundo o relatório. A viagem espacial não será simplesmente de ida e volta, os viajantes poderão ficar lá tempo suficiente para contemplar a vista. Para Filip Filipov, diretor do Skyscanner, a viagem ao espaço será um marco importante para a humanidade. "Melhor do que a possibilidade de vivenciar a órbita terrestre, será poder viajar em aviões espaciais que poderão até mesmo substituir os voos transatlânticos se a mesma tecnologia de ida ao espaço puder ser aplicada com segurança à aviação comercial”, explica o executivo.

Para quem prefere não se arriscar em uma viagem ao espaço, as viagens ao fundo do mar serão outra opção interessante, de acordo com a pesquisa da Skyscanner. O  relatório da empresa diz que a indústria hoteleira já está expandindo este conceito e tem como objetivo a construção de hotéis inteiros embaixo d´água, incluindo spas, jardins e piscinas, todos com aquário estilo janelas, o que dá um indício de que as férias subaquáticas serão uma proposta muito mais popular em 2024.

Últimas notícias

Comentários