Você é um consumidor compulsivo?

Teste criado pelo SPC Brasil juntamente com a UFMG ajuda o internauta a reconhecer seu perfil de consumo

por Da redação com assessorias 14/10/2014 11:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Kelsen Fernandes/Fotos Públicas/Divulgação
Como se controlar e não exagerar nas compras ao visitar Nova Iorque? (foto: Kelsen Fernandes/Fotos Públicas/Divulgação)
Para ajudar os consumidores a identificarem se são pessoas potencialmente endividadas, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a UFMG, lançou um teste que avalia como o internauta lida com o seu orçamento e faz o pagamento de dívidas. O portal onde se encontra o "jogo", se chama Meu Bolso Feliz.

Uma pesquisa recente realizada pelo SPC Brasil revela que o consumo sem planejamento é um dos principais motivos da inadimplência no país. Quatro em cada 10 entrevistados (40%) admitem que a falta de controle financeiro foi o que os levaram a atrasar pagamentos. "O objetivo do teste é fazer o indivíduo medir e perceber o seu potencial de endividamento e de inadimplência, considerando informações como o rendimento mensal e o que ele gasta com o estilo de vida que possui. Com base nas respostas, orientamos o internauta a mudar sua maneira de ver o consumo e de lidar com as compras", explica o educador financeiro José Vignoli.

O teste divide os consumidores em três categorias distintas: consumidores com baixo potencial de endividamento – em geral mais prudentes e analíticos; consumidores com potencial médio de endividamento, que embora entendam a importância de se organizarem financeiramente, às vezes não resistem e realizam compras mesmo sem condições de arcar com o valor; e finalmente, o consumidor com alto potencial de endividamento. Nesse último caso, a pessoa tende a ser imediatista e costuma achar que pequenas compras para satisfazer desejos momentâneos não comprometerão o orçamento pessoal no fim do mês.

Para fazer o teste, acesso o portal Meu Bolso Feliz e responda as 21 perguntas.

Últimas notícias

Comentários