Saiba como é feita a apuração dos votos das urnas eletrônicas

O Brasil chega a usar quase 500 mil equipamentos durante o dia da votação. Vídeo mostra como funciona o sistema de transmissão do resultado, que chega a levar poucos minutos para ser apurado, em certas localidades

22/10/2014 11:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Carlos Moura/CB/D.A Press
A urna eletrônica possui uma espécie de pendrive criptografado, que armazena os votos e que é levado aos TRE's para a transmissão do resultado ao TSE (foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
Nas eleições deste ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza 434 mil urnas eletrônicas para as seções eleitorais em todo o Brasil. Os sistemas de votação e apuração são totalmente informatizados, e quando se encerra o pleito, às 17h de acordo com o horário de Brasília,  é emitido o chamado boletim da urna. Ele é levado para o Sistema de Gerenciamento do Tribunal Regional Eleitoral e enviado por meio de uma rede segura para o TSE de forma digital.

Segundo o tribunal, no dia da eleição, todo o sistema de internet privado usado pelo órgão é desligado, ficando disponível apenas a rede especial, com segurança reforçada, que liga os TRE's ao TSE.

Quem quiser acompanhar o resultado pelos dispositivos móvris, pode baixar o aplicativo oficial na loja Google Play ou na Apple Store.

Assista ao vídeo que mostra como é feita a apuração digital da votação:



(com Agência Senado)

Últimas notícias

Comentários