Até novembro, mais de 21 mil motoristas tiveram as carteiras suspensas

De acordo com o Detran, até o dia 14 deste mês, já foram instaurados 45.194 processos administrativos contra motoristas

18/11/2014 10:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press
Só de janeiro a novembro deste ano, quase 3 mil motoristas tiveram a carteira de habilitação suspensa por dirigir sob o efeito do álcool (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio do Departamento de Trânsito (Detran), divulgou na última semana (dia 14/11), o balanço de processos instaurados para suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de condutores que somaram a pontuação máxima ou cometeram infrações que ensejam a instauração do processo.

A coordenadora de Infrações e Controle do Condutor, delegada Inês Borges Junqueira, informou que de janeiro a 14 de novembro de 2014 foram instaurados 45.194 processos administrativos que podem culminar na suspensão da CNH – desse total, 21.131 já forma finalizados e os motoristas perderam o direito de dirigir. De acordo com as estimativas do departamento, até 31 de dezembro serão 50 mil processos, sendo, no mínimo, 30 mil finalizados.

Durante a divulgação dos números, a delegada antecipou que nos dias 3 e 4 de dezembro haverá novo mutirão, quando 1.001 condutores que já somaram 20 pontos (ou mais) serão notificados e deverão comparecer para apresentar defesa ou cumprir a penalidade.

Do total de processos instaurados neste ano em Belo Horizonte e região metropolitana, 1.415 se deram por excesso de velocidade e 3.859 por dirigir sob efeito do álcool – neste caso, 2.951 motoristas tiveram a carteira suspensa.

(com Agência Minas)

Últimas notícias

Comentários