Volkswagen Brasil fecha a torneira

Montadora alemã troca seu alto comando no país

por Fábio Doyle 02/12/2014 15:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
David Powels estava trabalhando na Volkswagen da África do Sul (foto: Divulgação)
A Volkswagen do Brasil entra em fase de contenção de custos e controles financeiros. É o que sinaliza o recente afastamento de Thomas Schmall do cargo de CEO do braço brasileiro do grupo alemão e a chegada do financista David Powels (foto), que ocupa a cadeira de presidente a partir de 1º de janeiro de 2015. Schmall vai para o Conselho de Administração da VW, área de componentes.

Essa mudança, segundo analistas do setor, é resultado de vendas abaixo do esperado do compacto Up!, mas a gota d’água deve ter sido a recente perda da liderança do Gol como o carro mais vendido no Brasil para o Fiat Palio. O Gol mantinha essa liderança há décadas.
 
O novo presidente teve formação acadêmica no British Institute of Cost and Management Accountants. Em 1989, ele começou sua carreira na Volkswagen da África do Sul como responsável pela contabilidade de impostos na divisão de finanças. Depois de assumir responsabilidades em finanças do Grupo e controladoria de finanças na Audi na Alemanha, tornou-se Diretor Financeiro da Volkswagen da África do Sul, em 1998. Passou a atuar na Volkswagen do Brasil como Vice-Presidente de Finanças e Estratégia Corporativa em 2002. Ele foi nomeado Diretor Geral da Volkswagen da África do Sul em 2007.

Últimas notícias

Comentários