Sistema em teste pela Jaguar monitora a atenção dos motoristas

A Jaguar Land Rover está trabalhando com a Intel e a Seeing Machines para desenvolver uma tecnologia sensível ao movimento dos olhos do motorista, de maneira a reduzir suas distrações e possível falha de atenção

por Da redação com assessorias 09/01/2015 15:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Jaguar Land Rover/Divulgação
O sistema DMS acompanha os olhos do motorista e o avisa em caso de distração, podendo, também, acionar sistemas de emergência do veículo (foto: Jaguar Land Rover/Divulgação)
Durante o International Consumer Electronics Show (CES 2015) em Las Vegas, a Seeing Machines – empresa especializada em criar softwares que reconhecem expressões humanas – apresentou seu sistema Driver Monitor System (DMS), desenvolvido em um Jaguar F-TYPE protótipo. Esta é uma ação conjunta do novo centro de desenvolvimento da Jaguar Land Rover, da cidade de Portland, nos Estados Unidos, com a gigante da tecnologia Intel.

O Drive Monitor System usa sensores que monitoram a atenção do motorista, por meio de um computador de bordo, detectando seus movimentos faciais (especialmente dos olhos), de maneira a identificar se ele perdeu atenção a um ponto importante da estrada, seja por sono ou distração. É uma tecnologia sofisticada que permite compreender o estado em que o motorista se encontra em situações reais de condução, incluindo luz solar exessiva no para-brisas ou uso de óculos de sol.

"O algoritmo que desenvolvemos para o DMS pode permitir, sem interrupções, uma série de características de segurança e condução autônoma, além de reduzir potenciais acidentes causedos pelo motorista desatento. Ele é único, pois é o primeiro sistema do tipo que pode alcançar o movimento dos olhos mesmo se o motorista estiver de óculos escuros, ou ofuscado pelo brilho de sol no para-brisas", explica Nick Langdale-Smith, vice-presidente da Seeing Machines.

Jaguar Land Rover/Divulgação
Para que o sistema de monitoramento do motorista funcione, a Jaguar fez uma parceria com a Intel, que criou um potente computador de bordo (foto: Jaguar Land Rover/Divulgação)


Para oferecer a potência exigida pelo sistema DMS, a Seeing Machines pediu à Intel que  instalasse um hardware no protótipo do Jaguar F-TYPE, baseado no processador Core i7. "Ao escolher os chips da Intel para potencializar a tecnologia intensiva da Seeing Machines, podemos oferecer a montadoras como a Jaguar Land Rover uma experiência de segurança única para seus clientes no futuro", diz Elliot Garbus, vice-presidente de Soluções de Transporte da Intel.

O Drive Monitor System também ajuda o carro a compartilhar informações com o condutor de maneira eficaz. A Jaguar Land Rover está trabalhando neste momento as próximas gerações de heads-up display que possam ser utilizadas em todo o para-brisas dianteiro. A ideia é apresentar a informação correta ao motorista na hora certa, sem que ele precise tirar os olhos da estrada. "A tecnologia que monitora a atenção do motorista e que mostramos na CES tem enorme potencial para ser item de segurança. Se o motorista olha para o vidro lateral ou alguma tela de entretenimento do carro, o sistema aponta e o alerta sobre perigos à frente. O DMS também pode acionar sistemas existentes como o freio de emergência automático, numa situação de perigo", afirma Wolfgang Ziebart, diretor de Engenharia da Jaguar Land Rover.

Últimas notícias

Comentários