Anabolizantes também comprometem os rins

Segundo especialista,o uso de substâncias impróprias pode danificar o funcionamento renal e levar à necessidade de transplante

por Da redação com assessorias 15/01/2015 15:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Na ânsia para ter o corpo musculoso, muitos apelam para o uso de anabolizantes. Segundo especialista, esse tipo de produto pode levar à insuficiência renal (foto: Pixabay)
A realização de exercícios físicos é essencial para manutenção da saúde. No entanto, a busca por um corpo perfeito por vezes extrapola limites e faz com que pessoas jovens, em sua maioria, façam uso de anabolizantes com o objetivo de ganhar massa muscular rapidamente.
 
Muitos sabem que a utilização dessas substâncias traz riscos à saúde, mas ignoram o fato. "Além das modificações no corpo provocadas pela alteração hormonal, os órgãos também podem ser prejudicados, o que pode acarretar consequências mais graves, como pressão alta, comprometimento do fígado, do coração e no funcionamento dos rins", explica o nefrologista Marcos Alexandre Vieira, da Fundação Pró-Rim.

O médico adverte que suplementos alimentares, esteroides anabolizantes, polivitamínicos e dietas hiperproteicas, devem ter acompanhamento médico, além da orientação de nutricionista e educador físico. Segundo ele, esses produtos que estão na moda, podem desenvolver uma doença secundária, conhecida como glomerulonefrite. Que é um processo inflamatório nos rins, provocando perdas de proteína e sangue pela urina. A partir daí, o quadro pode evoluir para a insuficiência renal crônica – culminando na necessidade de transplante.

Últimas notícias

Comentários