Segundo o BC, Caixa é o banco com maior número de reclamações

Entre as principais queixas dos consumidores, destaque para problemas de confiança, segurança e legitimidade das operações

19/02/2015 18:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Tânia Rêgo/Agência Brasil/Divulgação
De acordo com os dados apresentados pelo Banco Central, a Caixa Econômica Federal fechou 2014 com 953 reclamações confirmadas (foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil/Divulgação)
A Caixa Econômica Federal ficou em primeiro lugar no ranking de queixas contra bancos com mais de 2 milhões de clientes, pelo segundo mês consecutivo, em janeiro. A instituição financeira havia liderado as reclamações também em dezembro de 2014. Os dados foram publicados pelo Banco Central (BC) no dia 19 de fevereiro. A instituição obteve 953 reclamações procedentes e índice de 12,78%.

O índice representa o número de reclamações da instituição financeira para cada 1 milhão de clientes. Para chegar ao percentual, as reclamações são divididas pelo número de clientes do banco e multiplicadas por 1 milhão. A posição da instituição financeira no ranking do BC dependerá do índice, mesmo que tenha sido alvo de mais reclamações em números absolutos.

Em segundo lugar na lista dos bancos de maior porte ficou o HSBC, com 112 queixas e índice de 10,99%. Em terceiro, o Santander, com 234 queixas e pontuação de 7,44%. Por fim, o Bradesco teve 541 queixas e índice de 7,22%, e o Banrisul, 25 queixas e pontuação de 6,42%.

As irregularidades relativas à confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações, ocuparam o primeiro lugar entre as queixas contra bancos julgadas procedentes. Houve 691 queixas por este motivo em janeiro. Em segundo lugar, ficou a restrição à portabilidade de crédito, com 542 queixas.

O terceiro lugar ficou com débito em conta não autorizado pelo cliente, com 317 menções. Por fim, as irregularidades no fornecimento de documento para liquidar antecipadamente operação de crédito consignado e a restrição à portabilidade de crédito consignado tiveram, respectivamente, 209 e 171 queixas.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários