Conhece a depilação egípcia?

Técnica pode ser uma alternativa às mulheres que se "barbeiam" ou que utilizam produtos que podem causar irritação

por Da redação com assessorias 27/02/2015 09:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Segundo a esteticista, a depilação egípcia propicia um ótimo resultado, sem as reações adversas de outros métodos de retirada de pelos (foto: Divulgação)
Após uma participante do Big Brother Brasil raspar o rosto ao vivo para todo o Brasil – netse caso, a aeromoça Talita –, a técnica em que as mulheres "se barbeiam" veio à tona na intenet. A prática já é comum na Inglaterra e, de acordo com matéria publicada no jornal britânico Daily Mail, existem cada vez mais produtos específicos para isso no mercado. O ato tem se popularizado pois dermatologistas explicam que raspar o rosto estimula a produção de colágeno, o que ajuda a suavizar rugas faciais.

Pegando carona nesta tendência, uma técnica milenar e menos abrasiva, pode oferecer o mesmo resultado de forma mais eficaz. A depilação egípcia é feita com linha de seda ou algodão e, por não utilizar nem química nem objetos cortantes, é perfeita para peles sensíveis, não causando alergias, queimaduras ou qualquer outra reação. De acordo com a esteticista Joice Freitas, do Platinum Visage, a linha desliza pela pele, entrelaçando o pelo e removendo-os pela raiz. "Esse tipo de depilação não causa manchas, flacidez e dura, em média, de 20 a 25 dias".

Como a depilação utiliza material descartável, não é necessário higienizar a linha. "Logo após o procedimento, pode ocorrer uma vermelhidão passageira, que desaparece rapidamente. Mas normalmente o método acalma a pele e garante ótimos resultados", afirma a profissional. A técnica ainda pode ajudar a clarear a pele, pois remove a camada superficial de células mortas do corpo.

Joice ainda conta que, por retirar a penugem que costuma aparecer na testa, buço, queixo e até maçãs do rosto, a depilação valoriza os traços e, principalmente o olhar, definindo mais a sobrancelha e proporcionando um acabamento mais bonito. "Apesar de ser utilizada em pequenas áreas, ela pode ser aproveitada também em áreas maiores, como axilas, pernas, virilha, entre outras. Nestes casos, a destreza do esteticista determina a velocidade do processo", conclui a especialista.

Últimas notícias

Comentários