Como está a situação dos relógios digitais que ficavam nas ruas de BH?

Você se lembra dos relógios que, além das horas, informavam também a temperatura e informações de interesse do público? Pois é, eles foram retirados das ruas e segundo a PBH, podem voltar ainda em 2015

por Bruna Sales 02/03/2015 13:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marcos Michelin/EM/D.A Press
Os relógios de rua são ótimos para manterem a população informada sobre tempo, temperatura e até campanhas da PBH (foto: Marcos Michelin/EM/D.A Press)
Já faz mais de um ano que os 350 relógios que estavam espalhados pela capital mineira deixaram de funcionar – foram retirados pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Segundo a assessoria de comunicação da PBH, o contrato com a empresa que tinha a permissão para a instalação, operação e exploração publicitária dos relógios se encerrou no inicio do primeiro semestre de 2014. A retirada dos equipamentos foi feita pela própria empresa, conforme especificava o contrato assinado com a prefeitura.

A instalação de novos relógios depende, ainda, de nova licitação, que, segundo a PBH, já está em andamento. "A licitação já se encontra na fase de habilitação, onde são analisadas todas as documentações dos licitantes de forma a verificar se estão em conformidade com as exigências do edital. Concluída a fase de habilitação, serão abertos os envelopes das propostas técnicas e apresentados os protótipos dos relógios, que passarão pela avaliação de uma comissão técnica especial. Após essa fase, serão abertos os envelopes de proposta comercial, onde os licitantes apresentam o valor da outorga a ser paga ao município [o mínimo exigido é de R$ 1 milhão]", explica a assessoria da prefeitura.

Ainda segundo a assessoria da PBH, as exigências previstas na Lei 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da administração pública, é que tornam o processo lento, e "não há como fugir disso". A expectativa é de que os novos relógios comecem a ser instalados no fim do primeiro semestre deste ano.

Últimas notícias

Comentários