Cuidado com o consumo exagerado de whey protein

Esse suplemento muito usado por esportistas pode afetar os rins, se consumido em excesso ou por quem tem problemas renais

por Vinícius Andrade 11/03/2015 15:39

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Musculacaoecia.com.br/Reprodução
O consumo de whey protein vem ganhando cada vez mais adeptos, mas como explica o nutricionista, a alimentação adequada já é capaz de prover a quantidade necessária de proteína (foto: Musculacaoecia.com.br/Reprodução)
Reunir os amigos para tomar um creme de açaí está se tornando, cada vez mais, uma prática comum entre os jovens. Os estabelecimentos têm investido nos ingredientes que acompanham a fruta típica do norte do país. Uma das novidades, é o acréscimo de whey protein, suplemento alimentar elaborado a partir da proteína extraída do leite. A substância também pode ser encontrada em sorvetes, bolos, barras de chocolate e outros produtos. Até mesmo quem não está acostumado com a prática de atividade física entra na "onda" e experimenta o produto. No entanto, é preciso estar atento para os benefícios e prejuízos que essa proteína concentrada pode gerar.

O whey protein é muito utilizado pelos frequentadores de academias que querem ganhar massa muscular. O suplemento possui fácil absorção e promove rápida reconstrução dos músculos após os exercícios. De acordo com o nutricionista esportivo Daniel Lima, uma alimentação correta e equilibrada pode produzir os mesmos efeitos do suplemento. "Não há necessidade de usar o whey protein. A quantidade de proteína que o ser humano precisa está disponível em carnes, leites e ovos", explica o especialista.

Homensquesecuidam.com/Reprodução
O whey protein está tão em 'moda' que existe até sorvete à base dessa proteína concentrada (foto: Homensquesecuidam.com/Reprodução)


Ainda segundo o nutricionista, a dosagem diária ideal de proteína é de 0,8 a 1,0 gramas por quilo corporal. Com o uso indiscriminado do whey protein, algumas pessoas chegam a ingerir 5 gramas, o que não é recomendado – pode sobrecarregar os rins. O aconselhado é consumir de 20 a 25 gramas de proteína por refeição (considerando café da manhã, almoço e jantar).

O consumo excessivo do whey protein, como explica Daniel Lima, pode ser prejudicial para uma pessoa que sofre com problemas renais. Os rins são responsáveis por filtrar os subprodutos gerados no metabolismo da proteína, e o excesso desse composto pode sobrecarregar e comprometer o funcionamento do órgão. "Para uma pessoa que não tem problema renal, o whey protein pode não oferecer risco à saúde, mas, a própria alimentação é capaz de manter a proteína necessária, além de ser mais barata", recomenda o nutricionista.

De qualquer forma, é importante ter o acompanhamento de um profissional quando for começar a consumir qualquer suplemento alimentar. "Tudo depende do objetivo de cada pessoa. O grande problema é ingerir os suplementos por conta própria, sem controle e acompanhamento. Mas, é importante ressaltar que os alimentos possuem todos os tipos de nutrientes que um ser humano necessita", destaca Daniel Lima.

Últimas notícias

Comentários