Com dublagem de Pitty e fatality com "selfie", Mortal Kombat X chega ao Brasil

Novo game, da famosa franquia de jogos, traz como curiosidade as 'finalizações' mais realistas e violentas dos personagens

por Marcelo Fraga 14/04/2015 16:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Warner Bros. Interactive/Divulgação
No Mortal Kombat X, o jogador consegue ver o impacto do golpe no corpo do adversário, como se fosse um raio-x instantâneo (foto: Warner Bros. Interactive/Divulgação)

Após uma longa espera, os fãs de Mortal Kombat finalmente poderão jogar a mais nova versão do jogo de luta. Com novos personagens e uma variedade impressionante de fatalities (finalizações), além de, claro, muito sangue, Mortal Kombat X foi lançado na terça, dia 14 de abril nos EUA e chega ao Brasil na mesma semana.

A ansiedade dos gamers se justifica por vários vídeos divulgados na internet, em que é possível ver os lutadores em ação, aplicando os violentos golpes que se tornaram marca registrada da série. Um desses vídeos mostra um fatality inusitado: ao finalizar o adversário, a personagem Cassie Cage faz uma selfie e posta a imagem em uma rede social fictícia chamada Friendship.

Além de personagens conhecidos, como os ninjas Scorpion e Sub-Zero, a Warner Bros. Interactive junta ao rol de guerreiros alguns ícones da cultura pop, oriundos do cinema, como o assassino mascarado Jason e o alienígena Predador.

O jogo chega também trazendo uma polêmica: a voz da personagem Cassie Cage é dublada pela cantora baiana Pitty. A performance da artista nas gravações desagradou os fãs de Mortal Kombat. Frases como "eu vou equalizar sua cara" – que faz alusão à sua música Equalize – estão presentes na dublagem do game.

Mortal Kombat X, inicialmente, está disponível para PC e para os consoles PlayStation 4 e Xbox One. Quem possui PlayStation 3 ou Xbox 360 terá que aguardar o segundo semestre de 2015 para adquirir o jogo, segundo a Warner Bros. Interactive.

Confira abaixo um fatality inusitado com a personagem dublada pela cantora Pitty:


A série

A franquia Mortal Kombat foi criada pelos norte-americanos Ed Boon e John Tobias. O primeiro jogo foi lançado em 1992 para os arcades, e o diferencial do game eram os personagens produzidos a partir de versões digitalizadas de atores reais. Outras características marcantes de Mortal Kombat I – que talvez tenham sido determinantes para seu sucesso – foram a violência sem limites e os diferentes fatalities (após a vitória, o jogador ainda pode aplicar um último golpe, mortal).

Os jogos da série eram produzidos inicialmente para os arcades, e, então, adaptados para os consoles. É sabido que as diversas sequências não deixaram a desejar, segundo a visão dos gamers, e continuaram conquistando fãs em todo o mundo. Estima-se que toda a série tenha vendido mais de 30 milhões de cópias. A franquia ganhou ainda histórias em quadrinhos e até um longa-metragem, lançado em 1995, e que trazia o ator Christopher Lambert no papel de Lord Rayden – não fez sucesso nas bilheterias.

Clique para ampliar e ver a linha do tempo da franquia

Últimas notícias

Comentários