Homens também aderem às próteses de silicone

Coxas, peitoral, panturrilhas, bíceps estão entre as opções de cirurgias mais comuns no universo masculino

por Da redação com assessorias 24/04/2015 12:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Todaperfeita.com.br/Reprodução
As próteses de silicone mais procuradas pelos homens são as do peitoral, dos glúteos e da panturrilha (foto: Todaperfeita.com.br/Reprodução)
Quando a preguiça de malhar fala mais alto, ou mesmo existe uma dificuldade em se manter o corpo sarado ou em forma, os homens recorrem à Medicina para alcançar os objetivos. Engana quem pensa que silicone foi feito somente para mulheres, pois, cada vez mais, rapazes optam por esse tipo de cirurgia plástica.

"Eles estão aprendendo a não ter medo de agulhas e de preconceitos da sociedade quanto a ser vaidoso. Estão aderindo à prótese de silicone para aumentar o peitoral, a panturrilha e os glúteos", afirma Arnaldo Korn, diretor do Centro Nacional de Cirurgia Plástica. A verdade é que, além da preguiça, muitos homens não têm paciência de esperar os resultados da malhação na academia.

"Muitos reclamam que não conseguem ganhar massa muscular nessas regiões do corpo, como o tórax, e por esse motivo optam pelo implante no peitoral que deixa com aspecto de músculos muito bem definidos", explica especialista. Além do tórax, outras cirurgias plásticas mais solicitadas por eles são panturrilha e glúteos. Na panturrilha, o implante age também para a correção de pernas finas e chega a ter 10 tamanhos diferentes de prótese de silicone. E no glúteo, serve para tornear e remodelar os contornos. Ou seja, tudo para aumentar e dar forma ao corpo.

Atenção

Esse tipo de cirurgia só deve ser feita após os 18 anos, pois, a partir dessa idade é que os hormônios do homem estão equilibrados, e as estruturas ósteomusculares e a pele estão desenvolvidas por completo.

A cirugia é feita por meio de uma incisão na pele e a prótese é colocada logo abaixo do músculo, exigindo uma anestesia peridural ou geral e depois de 24h, o paciente recebe alta. O retorno às atividades normais pode ocorrer em até 15 dias, dependendo da cirurgia e da recuperação do paciente.

No implante de silicone no peitoral, o repouso é fundamental na primeira semana e o corte feito abaixo da axila não é visível, já que os pontos são absorvíveis.

Últimas notícias

Comentários