Vídeo mostra uma suposta viajante do tempo e gera discussão

Nas imagens feitas em 1928, é possível ver uma senhora falando num objeto similar a um telefone celular

04/06/2015 17:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
No vídeo da première do filme O Circo, de Charles Chaplin, uma senhora aparece caminhando e usando um objeto similar a um aparelho celular (foto: YouTube/Reprodução)
Quando foi lançado em DVD, o filme O Circo, de Charlie Chaplin, trouxe conteúdos extras, como uma cena da avant première do longa, que foi realizada em 1928, no Chinese Theatre, em Hollywood, nos Estados Unidos. O que parecia ser um simples "pedaço" de filme, acabou virando polêmica. Depois de analisar as imagens repetidamente, em 2010, o diretor independente George Clarke descobriu o que parecia ser um celular na mão de uma senhora que caminhava próximo ao evento. Seria essa uma prova de que a viagem no tempo é possível?

"A cena mostra uma mulher gorda, de vestido preto, com um chapéu tampando a cara, e com algo que pode ser descrito como um dispositivo móvel celular, o que fazia com que falasse sozinha enquanto caminhava", diz o britânico George Clarke.

Veja o vídeo:


Porém, o que parece ser um mistério, na verdade, pode ser explicado de forma bem simples. Segundo o portal E-Farsas, especializado em analisar fenômenos na internet, trata-se de um aparelho auditivo que já havia sido lançado na época (surgiu em 1924): o amplificador de sons da Siemens. Ele era discreto e facilitava o entendimento de palavras e outros ruídos para as pessoas que sofriam de problemas auditivos.

Confira a imagem do aparelho:
Wikimedia/Reprodução
O amplificador de sons da Siemens foi lançado em 1924, e era muito usado por pessoa com baixa capacidade auditiva (foto: Wikimedia/Reprodução)


Para quem ficou curioso com o tema, existe outro vídeo que chama a atenção, ao mostrar uma mulher que também estaria usando um dispositivo móvel. As imagens foram feitas em 1938, e é possível ver a moça saindo da fábrica da Dupont, junto com os demais colegas, e, enquanto caminha, parece conversar segurando um objeto junto ao rosto. Veja:

Últimas notícias

Comentários