Copasa diz que Grande BH economizou 14,5% de água em maio

Porém, segundo a estatal, população ainda precisa economizar pelo menos 30% do consumo

09/06/2015 18:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Oswaldo Corneti/Fotos Públicas/Divulgação
Copasa diz que para não ter racionamento, ainda é preciso que a população economize 30% de água (foto: Oswaldo Corneti/Fotos Públicas/Divulgação)
Segundo a Copasa, a economia no consumo de água na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) em maio deste ano foi de 14,5%, em comparação com o mesmo período de 2014. No mês anterior, a redução na RMBH foi de 15%. No levantamento, a Copasa levou em consideração somente os imóveis faturados em maio de 2014 e em maio de 2015.

Na terça-feira, dia 9 de junho, o sistema Paraopeba, responsável pelo abastecimento de água de Belo Horizonte e de parte da RMBH, está com 37,5% de sua capacidade. Em junho de 2014, o sistema operava com 61% do total e, no mesmo período, em 2013, com 91%.

Apesar da incidência de chuva entre janeiro e maio, a Copasa diz que "a precipitação não foi suficiente para recompor o nível dos três reservatórios que integram o sistema Paraopeba". Sendo assim, a empresa diz que para não ser necessária a adoção de tarifa de contingência ou a implantação de rodízio, é preciso que a população da Região Metropolitana de Belo Horizonte economize, pelo menos, 30% de água.

(com Agência Copasa)

Últimas notícias

Comentários