Chile ganha sua primeira Copa América

Em jogo difícil, equipe da casa levanta a taça vencendo a Argentina nos pênaltis

por João Paulo Martins 04/07/2015 20:07

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Juan Rolei/Télam/Divulgação
O jogo disputado terminou em zero a zero, e nas penalidades, o Chile bateu a Argentina e levou seu primeiro título da Copa América (foto: Juan Rolei/Télam/Divulgação )
Os mais de 45 mil torcedores que compareceram ao Estádio Nacional, em Santiago, capital do Chile, puderam assistir a uma final da Copa América muito disputada. A equipe de Valdívia e Eduardo Vargas, apesar de ter permanecido no zero a zero nos 120 minutos de partida, levou a melhor na disputa de pênaltis. Os chilenos não desperdiçaram nenhuma cobrança, enquanto seus "hermanos" latinos perderam duas penalidades.

Após quase 100 anos da principal competição de seleções das Américas, o Chile consegue desbancar o time de Lionel Messi, Angel Di María e Sergio Agüero. O jogo foi bem disputado, e os argentinos foram os que mais disperdiçaram oportunidades de gols. Especialmente em jogadas de Messi e Pastore, além dos chutes desperdiçados por Agüero e Lavezzi, que entrou no lugar de Di Maria.

Na metade dos segundo tempo, Valdívia foi substituído e saiu de campo nada satisfeito com essa mudança do técnico Sampaoli.

Torcedor ilustre

Antes da partida decisiva da Copa América 2015, o ator americano Al Pacino, que é casado com a atriz argentina Lucila Solá, enviou um recado à seleção de Messi. "Amo a maneira como jogam. Estou muito emocionado em falar com vocês. É excitante poder dizer o quanto lhes aprecio e como são maravilhosos e geniais como jogadores", diz o ator, que ficou se tornou mundialmente conhecido com os filmes O Poderoso Chefão e Scarface.

Apesar da crise e das denúncias de corrupção envolvendo a Fifa e muitas federações de futebol, o troféu da disputa das Américas foi entregue pelo presidente da Confederação Sulamericana de Futebol, o paraguaio Juan Angel Napout.

Confira abaixo a escalação original das duas seleções:

Chile:

  • Claudio Bravo
  • Mauricio Isla
  • Gary Medel
  • Francisco Silva
  • Jean Beausejour
  • Marcelo Díaz
  • Charles Aránguiz
  • Arturo Vidal
  • Jorge Valdivia
  • Alexis Sánchez
  • Eduardo Vargas

Técnico: Jorge Sampaoli

Argentina:

  • Sergio Romero
  • Pablo Zabaleta
  • Martín Demichelis
  • Nicolás Otamendi
  • Marcos Rojo
  • Lucas Biglia
  • Javier Mascherano
  • Javier Pastore
  • Lionel Messi
  • Sergio Aguero
  • Angel Di María

Técnico: Gerardo Martino

Últimas notícias

Comentários