O cloreto de magnésio faz bem?

O suplemento está se tornando moda entre aqueles que querem levar uma vida saudável. Mas, será que realmente traz tantos benefícios?

por Vinícius Andrade 23/07/2015 08:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Mundoboaforma.com.br/Reprodução
Nutricionista tira dúvidas sobre o cloreto de magnésio, que está virando moda na internet, e pode trazer diversos benefícios para o organismo (foto: Mundoboaforma.com.br/Reprodução)
A cada semana um suplemento alimentar surge na mídia como queridinho ou vilão. A bola da vez é o cloreto de magnésio, substância que tem se tornado a nova mania para beneficiar o organismo. Uma lista circula nas redes sociais com supostas vantagens, como ajudar nas funções renais e na limpeza do sangue. Será que faz sentido ou trata-se de mais uma teoria sem fundamento?

De acordo com a nutricionista Viviane Admus Paixão, membro do Conselho Regional de Nutricionistas de Minas Gerais, o cloreto de magnésio funciona como um suplemento alimentar repleto de benefícios para a saúde, que ajuda a manter o corpo jovem e vigorante, além de colaborar no combate e prevenção de várias infecções. "Esse composto é realmente útil e benéfico para todas as idades, ainda que o princípio ativo apresente algumas contraindicações importantes, que devem ser consideradas", destaca a especialista.

O excesso do produto pode ocasionar alguns efeitos colaterais, como diarreia, náusea e dor abdominal. Além disso, grandes doses da substância suplementar podem causar o problema chamado de toxicidade de magnésio, especialmente em pacientes com função renal comprometida. "Os sintomas da toxicidade de magnésio incluem a hipotensão, letargia, confusão mental, perturbações do ritmo cardíaco normal, a perda da função renal, fraqueza muscular, dificuldade respiratória e parada cardíaca", aponta a nutricionista.

Quantidade ideal

Segundo Viviane, o nível recomendado para pessoas acima de 35 anos é uma dose (de uma a duas colheres de sopa) por dia. Antes dessa idade, o ideal é apenas meia colher. No entanto, a nutricionista alerta que a quantidade pode variar. O ideal é consultar previamente um profissional habilitado para saber a dose exata de acordo com a necessidade de cada um.

Contraindicações

Em alguns casos, o composto não é uma boa indicação. Conforme a nutricionista, ele é contraindicado nos seguintes casos:

  • Que sofrem de diarreia, pois tem um efeito laxante

  • Deve ser evitado por pessoas com doenças renais, especialmente as que sofrem de insuficiência e que fazem hemodiálise

  • Não deve ser consumido quando se sofre de colite ulcerosa, pois pode aguçar as diarreias

  • Ao tomar antibióticos, o cloreto de magnésio pode diminuir a eficiência de alguns deles. Por isso, recomenda-se tomá-lo três ou quatro horas antes de consumir o medicamento

Confira abaixo a lista dos principais benefícios do cloreto de magnésio, segundo a nutricionista Viviane Paixão:

  • Funciona como um excelente purificador do sangue, ajudando a equilibrar o pH. Desta forma, ajuda a prevenir muitas doenças

  • Ajuda a eliminar o ácido que se acumula nos rins, promovendo o funcionamento e a saúde renal

  • Estimula as funções cerebrais e a transmissão de impulsos nervosos, contribuindo, desta forma, para manter um equilíbrio mental

  • É ideal para os esportistas ou pessoas com alto rendimento físico, já que ajuda a prevenir e combater as lesões musculares, cãibras, fadiga e/ou cansaço muscular

  • Estimula o bom funcionamento do sistema cardiovascular, prevenindo doenças do coração

  • Ajuda a diminuir os níveis do colesterol ruim, estimulando a boa circulação do sangue

  • É um poderoso remédio antiestresse, que também ajuda a combater a depressão, os enjoos e a fadiga

  • É muito importante na regulação da temperatura do corpo

  • Previne problemas como as hemorroidas, melhora a saúde intestinal, e ajuda em casos como a colite, prisão de ventre, entre outros

  • Previne os problemas da próstata e ajuda a combatê-los

  • Pesquisas mostram que pode ajudar ainda a prevenir e combater tumores cancerígenos

  • Fortalece o sistema imunológico, ajudando a prevenir e combater os resfriados, mucosidades e infecções

  • Previne o envelhecimento precoce, já que oferece vitalidade ao corpo e promove a regeneração celular

  • É um elemento chave na prevenção da osteoporose, pois atua como um fixador de cálcio nos ossos

  • O cloreto de magnésio previne a formação de cálculos renais, impedindo que o oxalato de cálcio se acumule neles

  • Promove a saúde da mulher, já que diminui os sintomas da TPM e estimula a regulação hormonal

  • Combate os radicais livres, evitando a formação de tumores e verrugas

  • Promove a limpeza das artérias, prevenindo ao mesmo tempo a arteriosclerose

Últimas notícias

Comentários