Você sabia que o time do coração do Pelé era o Vasco?

O mineiro de Três Corações foi cedo para São Paulo, onde fez uma carreira vitoriosa no Santos, e, curiosamente, a família queria que ele fosse flamenguista

27/07/2015 14:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Paulo Pinto/Fotos Publicas/Reprodução
"Eu quase não saía da concentração do Santos. Era tímido", relata Pelé em entrevista realizada em 1967 para o acervo do Museu da Imagem o do Som (foto: Paulo Pinto/Fotos Publicas/Reprodução)
Em 26 de setembro de 1967, Edson Arantes do Nascimento, que ainda não era o "Rei Pelé", então com 26 anos de idade, gravou uma entrevista para o acervo do Museu da Imagem o do Som. Sem rodeios, admitiu, na ocasião: "minha família falava muito do Flamengo. Gostava do Flamengo, na infância, mas meu time de coração mesmo era o Vasco".

"Na infância, fiz muitas travessuras. Quebrei muitas vidraças das casas dos vizinhos, por causa dos jogos de futebol nas ruas de Bauru, São Paulo. Jogávamos com bola de meia, bola de papel e até com laranja", conta o 'atleta do século XX'.

Pelé divertiu os entrevistadores ao relatar curiosidades de sua infância. Explicou como, em 1954, os representantes do Santos conseguiram convencê-lo a se mudar para o litoral paulista. "Eu quase não saía da concentração do Santos. Era tímido. Chorava com saudade da família. Cheguei a arrumar a mala e tentar voltar para Bauru", declara o jogador tri-campeão do mundo de futebol.

Com colaboração do radialista maranhense Talvane Lukatto, apresentador do programa 'Memórias do Rádio no Ar', na Mirante AM, podemos recordar também as críticas de Pelé à fracassada campanha da seleção brasileira na Copa do Mundo de 1966: "as intenções eram boas, mas faltou organização".

(com Portal EBC e Radioagência Nacional)

Últimas notícias

Comentários