Afinal, tomar sorvete no frio causa dor de garganta?

Você já deixou de aproveitar as delícias geladas durante o inverno, com receio de ficar doente? Confira o que diz um especialista

por Vinícius Andrade 06/08/2015 16:02

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Segundo o especialista, quando se está doente e consome sorvetes e picolés, o corpo precisa trabalhar mais para manter a temperatura do corpo entre 36 e 37 graus (foto: Pixabay)
Quem nunca ouviu falar que sorvete no inverno é um risco para a saúde? Os amantes da sobremesa não gostam de ouvir esse tipo de alerta. Mas, será que esse típico conselho de mãe ou avó faz sentido? É certo que os casos de gripe, resfriado e dor de garganta são mais frequentes no inverno, mas os alimentos gelados não são os vilões.

De acordo com o médico Cheng T-Ping, presidente da Sociedade Mineira de Otorrinolaringologia, o sorvete está associado à predisposição às doenças, portanto, deve ser evitado por aquelas pessoas que sentem desconforto na garganta ao tomar a sobremesa. "Claro que o sorvete muito gelado pode irritar a garganta e favorecer infecções. Porém, de maneira geral, não existe contra-indicação desse alimento no inverno", diz o especialista.

O otorrinolaringologista ressalta que a associação do resfriado com o sorvete não passa de uma coincidência. "No inverno, os casos de infecções nas vias aéreas são mais comuns. Em contato com pessoas infectadas, você pode acabar se contaminando", explica.

Segundo Cheng T-Ping, o sorvete não é o vilão, no entanto, ele deve ser evitado por  pessoas que já estão adoentadas. "Neste caso, o ideal é tomar alimentos que estejam na temperatura ambiente para não agredir ainda mais o corpo. Quando alguém, gripado, consome um alimento gelado, o corpo tem que trabalhar muito mais para tentar manter a temperatura em 36 e 37 graus", alerta o otorrino.

Últimas notícias

Comentários