Noivo emociona convidados ao 'dançar' com sua mãe que sofria de ELA

Na hora da tradicional valsa, o jovem faz algo inesperado ao convidar a mãe, que vive numa cadeira de rodas devido à Esclerose Lateral Amiotrófica, para realizarem, juntos, alguns 'passos' de dança

por João Paulo Martins 11/08/2015 11:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Luke Rheault emociona os convidados de seu casamento, ao 'dançar' com a mãe, Rebekah, que sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica (foto: YouTube/Reprodução)
Nem todo vídeo que faz sucesso na internet está ligado a mistérios, animais fofos ou acidentes. Um exemplo é o vídeo que traz uma lição de amor entre mãe e filho, e que vem emocionando internautas e usuários de redes sociais em todo o mundo. Nas imagens, o jovem noivo Luke Rheault toma uma atitude inesperada ao convidar sua mãe, que sofre de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), para "dançar". Ele faz com que todos os convidados se emocionem e chorem.

Assista ao comovente vídeo que retrata o verdadeiro amor entre o filho e a mãe doente:


Nas imagens, é possível perceber como a própria mãe de Luke, Rebekah, que foi diagnosticada com ELA um anos antes do casamento do filho, também se mostra emocionada com a atitude inesperada do jovem. Os dois simulam uma dança ao som da música Hero (Herói), um dos grandes sucessos da cantora americana Mariah Carey.

"Foi um dos momentos mais tocantes em toda a minha vida", diz Kristeena, noiva de Luke, que não parou de chorar um minuto sequer ao testemunhar a cena.

Infelizmente, Rebekah não sobreviveu muito tempo após o casamento do filho.

Doença degenerativa

Segunda a Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica, a ELA se caracteriza pela paralisia progressiva dos músculos, devido ao comprometimento do neurônio motor. Os pacientes que sofrem com essa doença degenerativa sentem fraqueza, atrofia e fasciculações (contrações) nos membros. Com o tempo, as funções vocais e respiratórias também são comprometidas. Os nervos cranianos, que controlam a visão e os movimentos oculares, e os segmentos inferiores da medula espinhal, que controlam os esfíncteres (músculos que controlam a continência urinária, por exemplo), normalmente, não são afetados.

Um paciente muito conhecido da Esclerose Lateral Amiotrófica é o astrofísico inglês Stephen Hawking, que foi retratado, recentemente, no cinema, com o filme A Teoria de Tudo, que fez enorme sucesso e rendeu o Oscar de Melhor Ator a Eddie Redmayne.

Últimas notícias

Comentários