Bacon e salsicha afetam a fertilidade?

Estudo associa a menor taxa de eficiência em homens que realizam fertilização in vitro ao consumo de carnes processadas

12/08/2015 11:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
A salsicha seria uma vilã da fertilidade masculina? Pelo menos isso é o que parece indicar um estudo recente, realizado pela Universidade de Harvard (foto: Pixabay)
Segundo um novo estudo, que não tem comprovação de causa e efeito, homens com dietas à base de frango e peixe, por exemplo, possuem maior índice de fertilidade do que os que consomem embutidos ou carnes processadas. A pesquisa analisou 141 pacientes que estavam realizando fertilização in vitro no Hospital Geral de Massachusetts, nos Estados Unidos, entre 2007 e 2014, e a taxa de insucesso foi 28% maior naqueles que consumiam esse tipo de carne industrializada.

Publicado no jornal científico Fertility & Sterility, no dia 5 de agosto deste ano, o estudo, liderado por Wei Xia, da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, em Boston (EUA), ainda não pode ser considerado efetivo para associar o consumo de carnes processadas à infertilidade, segundo a urologista Elizabeth Kavaler, do hospital Lenox Hill, em Nova Iorque, em entrevista ao canal de televisão americano CBS.

"Uma das razões para o estudo mostrar uma taxa de sucesso na fertilização in vitro maior naqueles que comiam carne de frango, ao contrário dos que consumiam bacon, pode ser a dieta mais saudável e o estilo de vida", completa a médica.

Últimas notícias

Comentários