Astronauta americano confirma 'encobrimento' da existência de ETs

Edgar Mitchell participou da missão Apollo 14 diz que os alienígenas já ajudaram até a evitar um cataclismo nuclear

17/08/2015 11:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Nasa/Divulgação
O astronauta americano Edgar Mitchell, sexto homem a pisar na Lua, diz que Nasa encobre informações sobre avistamento e contato com extraterrestres (foto: Nasa/Divulgação)
Talvez você não conheça o astronauta americano Edgar Mitchell, mas ele foi o sexto homem a pisar a Lua, fazendo parte da missão Apollo 14, da Agência Espacial Norte-Americana (Nasa). Em entrevista ao jornal inglês The Mirror, ele fez uma polêmica declaração de que extraterrestres já estiveram na Terra e ajudaram até a evitar uma guerra nuclear.

Segundo o astronauta, que está aposentado e com 84 anos, a Nasa sempre encobriu as informações de contato alienígena. Edgar Mitchel diz que chegou a contatar funcionários do exército americno que confirmaram ter testemunhado naves desconhecidas sobrevoando bases de mísseis e a zona de teste nuclear chamada de White Sands.

"White Sands era uma área específica para testes de armas atômicas. E era justamente nisso que os extraterrestres estavam interessados. Eles estavam analisando nossa capacidade militar. Pela minha experiência, em conversas com especialistas, ficou claro que os alienígenas estavam tentando impedir uma possível guerra, e queriam a manutenção da paz na Terra", conta Edgar Mitchell ao jornal The Mirror.

Em 2008, o astronauta aposentado fez declarações semelhantes numa entrevista, mas a NASA desmentiu qualquer programa de monitoramento de extraterrestres ou que haja encobrimento de avistamentos e contatos com seres de outros planetas. "Mitchell é um grande americano, mas não partilhamos das suas opiniões sobre esse assunto", diz a Nasa, em comunicado emitido à imprensa.

Últimas notícias

Comentários