Disneylândia às avessas: conheça a Dismaland

O 'parque' de diversões criado por artista de rua inglês é bem diferente do imaginado por Walt Disney

por João Paulo Martins 27/08/2015 15:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/banksyfilm/Reprodução
Não deixe a iluminação e os fogos de artifício lhe enganarem: o 'parque' Dismaland não se parece em nada com a Disneylândia criada por Walt Disney em 1955 (foto: YouTube/banksyfilm/Reprodução)
Quando o empresário e visionário americano Walter Elias Disney abriu a Disneylândia, em julho de 1955, talvez não imaginasse o sucesso que faria e como afetaria o imaginário de milhões de pessoas ao redor do mundo. Passados 60 anos, Walt Disney não ia gostar de saber que seu parque dos sonhos serviu de modelo para a Dismaland, um centro de arte e diversões bem "underground", aberto em North Somerset, no Reino Unido.

Recém inaugurado pelo grafiteiro, pintor, ativista político e diretor conhecido como Banksy, a Dismaland é, na verdade, "um festival de arte, atrações e anarquismo de entrada", segundo o próprio artista. Apesar de ainda estar em construção, o parque já vem recebendo visitas, e cobra 3 libras de entrada. O público pode se "divertir" em atrações diferentes e até bizarras. Existe um castelo de Cinderela underground, uma empresa de empréstimos bancários, cenas de acidentes, de imigrantes ilegais se afogando, entre outras.

YouTube/banksyfilm/Reprodução
A criação de Banksy possui diversas 'atrações', que vão de arte contemporânea a cenas bizarras, incluindo um acidente de carro da Cinderela, que está sendo registrado por vários paparazzi (foto: YouTube/banksyfilm/Reprodução)


Banksy começou a ser reconhecido na Inglaterra na década de 1990, com seus grafites na cidade de Bristol. Em 2010, ele dirigiu o filme-documentário Exit Through the Gift Shop, que foi exibido no festival de Sundance, nos Estados Unidos, e ganhou elogios da crítica. O longa chegou a ser indicado ao prêmio de Melhor Documentário do Oscar 2011. O multiartista foi eleito ainda a personalidade do ano de 2014 pelo prêmio Webby Awards.

A escolha do nome Dismaland se deve a um trabalho de grafite feito por Banksy em 2012, e que trazia a figura de Mickey ao lado da frase "life isn't always a fairytale", ou seja, "a vida não é sempre um conto de fadas". Curiosamente, na entrada do "parque" de diversões alternativo, além de "seguranças" que fazem perguntas estranhas, existe uma placa informando que os advogados da Walt Disney Corporation não são bem-vindos.

Últimas notícias

Comentários