Super Mario Bros comemora 30 anos

O personagem da franquia mais vendida de todos os tempos e de maior sucesso da história do videogame começou como coadjuvante de um jogo de Atari

por Da redação 16/09/2015 10:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Nintendo/Reprodução
Criado em 1985, o jogo Super Mario Bros inovou e acabou virando a franquia de maior sucesso do mundo dos videogames (foto: Nintendo/Reprodução)
Quem não conhece o personagem Mario, o encanador mais famoso do mundo? Pois é, o jogo Super Mario Bros, da gigante japonesa do entretenimento Nintendo, está comemorando 30 anos de sucesso. O primeiro título de plataforma da empresa já vendeu mais de 310 milhões de exemplares em todo o mundo, e abocanhou diversos prêmios, além de ser uma franquia que virou referência para várias gerações de jogadores.

A história de sucesso remonta ao final da década de 1970, quando a Nintendo, que até então era uma empresa japonesa conhecida por seus jogos de cartas, contratou o desenhista industrial e apaixonado por mangás Shigeru Miyamoto. Pouco tempo após ser admitido, ele encarou um importante projeto: criar uma máquina de fliperama voltada para o público americano e que trouxesse o personagem Popeye como protagonista.

Logo depois, em 1981, Miyamoto voltou a criar e, desta vez, produziu um jogo para Atari que trazia Donkey Kong como o grande vilão. No game, o gorila tinha raptado uma donzela, que precisava ser salva pelo herói Jumpman, um carpinteiro "gordinho" e bigodudo. Esse título vendeu 60 mil unidades logo na primeira semana de lançamento, batendo um recorde na época.

"Percebi que era um produto muito especial. Eu me sentia como um artista das animações, que usa pincel e papel para criar mundos animados e levá-los até as pessoas. Tive muita sorte de que um personagem, que mais tarde seria chamado Mario, nacesse nesse jogo, e que videogames tivessem se tornado o ramo principal da empresa", diz Miyamoto em comunicado à imprensa emitido pela Nintendo.

Em 1985, o personagem Jumpman foi reciclado e transformado em Mario, um nome mais universal. Curiosamente, os empregados da Nintendo of America que o batizaram assim, pois associaram a figura do Jumpman a um funcionário de uma distribuidora com que trabalhavam.

Desde essa época o encanador bigodudo ganhou o público e se tornou o personagem mais carismático e conhecido no mundo todo. Ainda na década de 1980, Mario deixou de ser um herói solitário e passou a contar com a ajuda do irmão, Luigi.

Shigeru Miyamoto queria quebrar o paradigma que existia no Atari, e conseguiu construir um personagem que podia se mover por toda a tela no console Nintendo 8 bits. Super Mario Bros foi o primeiro jogo do estilo plataforma que fazia com que o personagem descobrisse novos cenários à medida que avançava, e que permitia, ainda, uma exploração mais elaborada. A ilusão da terceira dimensão propiciada pelo jogo também foi inovadora para a época.

A popularidade de Mario cresceu tanto que ele chegou a ser comparado com Mickey Mouse, o personagem ícone da Disney. A fama rendeu ainda mais: o personagem da Nintendo foi convidado para participar num episódio de Os Simpsons; estrelou seu próprio mangá; e ainda foi adaptado para o cinema, em filme de 1993, com Bob Hoskins (Mario), John Leguizamo (Luigi) e Dennis Hopper (Bowser).

Com toda essa genialiadde, não era de estranhar que Miyamoto fosse considerado uma das 100 personalidades mais influentes do mundo, segundo a revista americana Time. Além disso, ele recebeu importantes prêmios ligados à arte, como o britânico Bafta, a Legião de Honra Francesa e o Príncipe das Astúrias de Comunicação e Humanidades, da Espanha.

(com Agência Télam)

Últimas notícias

Comentários