Estudantes que passaram no Enem dão dicas para candidatos

As provas serão realizadas em outubro e, este ano, 7,7 milhões de jovens disputarão as vagas públicas no ensino superior

por Da redação 20/09/2015 13:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marcos Santos/USP Imagens/Divulgação
"Evite ficar parado em uma questão só. Se não consegue resolver, passe pra próxima e depois volta", sugere Antônio Andrade, que estuda engenharia mecânica no Cefet-RJ (foto: Marcos Santos/USP Imagens/Divulgação)
A preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) entra na reta final. Falta pouco mais de um mês para as provas, que serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. Estudantes que enfrentaram a rotina de estudos em edições anteriores do Enem e ingressaram no ensino superior com a nota do exame dão dicas para quem faz as provas este ano.

Organizar uma rotina de estudo, fazer simulados e passar menos tempo nas redes sociais são algumas das sugestões.

Júlia Galdino Alves, de 19 anos, fez cursinho preparatório para o Enem durante todo o ano de 2014 e conseguiu uma vaga no curso de direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ela diz que ter um planejamento diário para os estudos é fundamental.

Júlia sugere que os candidatos definam um calendário com os horários e as matérias a serem vistas a cada dia e sigam à risca o planejamento para não acumular conteúdo.

Fazer uma pausa para descanso durante os estudos é uma dica de Júlia para evitar o cansaço excessivo. “É importante parar, senão sobrecarrega. Pela tarde eu estudava das 14h às 20h. Nesse meio tempo, fazia um intervalo de uma hora para me distrair. Lanchava ou conversava com alguém.”

Manter distância do celular e das redes sociais é outra sugestão de Júlia para quem está se preparando para o Enem.

Aluno de engenharia mecânica do Cefet-RJ, Antônio Andrade e Mello, de 22 anos, concorda que organizar horários e conteúdos faz diferença para o sucesso do estudo. Participar de simulados e resolver provas anteriores do Enem são sugestões de Antônio para os candidatos se prepararem. Para sair bem na redação, ele afirma que o treino é fundamental e quanto mais textos o candidato escrever, melhor.

Antônio diz que, nos dias anteriores à prova, não é recomendável estudar “desenfreadamente”. “Para quem teve constância e ritmo, não será numa semana antes que vai aprender tudo”.

Para Antônio Andrade, o Enem é também uma prova de resistência física. Por isso, recomenda que, no dia do exame, o candidato não pode deixar que o nervosismo prejudique seu desempenho. Durante a prova, a dica é ficar atento ao tempo para resolver casa questão e não gastar muito tempo em um único item.

“Evite ficar parado em uma questão só. Se não consegue resolver, passe pra próxima e depois volta”, sugere Antônio.

A edição de 2015 do Enem terá 7,7 milhões de candidatos. No dia primeiro dia serão aplicadas as provas de ciências humanas, ciências da natureza, com duração de 4h30. No segundo, as provas de linguagens, códigos, redação e matemática, com duração de 5h30.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários