Bebê 'atleta' chama a atenção na internet

Com apenas 2 anos de idade, o iraniano faz movimentos que muitos marmanjos não conseguem repetir

por João Paulo Martins 22/09/2015 10:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Com apenas 9 meses de idade, o bebê iraniano Arat Hosseini virou sensação na internet com seus movimentos de ginástica (foto: YouTube/Reprodução)
Vídeos de crianças fazendo coisas inacreditáveis existem aos montes na internet. Um, em especial, está chamando a atenção no YouTube por trazer um menino de apenas 2 anos fazendo movimentos de ginástica artística, sob os olhares do pai, que atua como uam espécie de técnico.

Assista abaixo ao vídeo do "super-menino", com uma compilação de seus movimentos de ginástica (desde os 9 meses de vida):


Arat Hosseini é natural do Irã, tem apenas 2 anos, e virou sensação na internet. Ele possui uma agilidade impressionante para executar movimentos no trapézio e para fazer cambalhotas e flexões. Todas as ações são feitas com o acompanhamento do pai, que, com certeza, é seu grande incentivador, e espera que ele vire um atleta. O sucesso do menino é tanto que no Instagram ele já conta com mais de 18 mil seguidores.

Mas, será que esse tipo de atividade física é recomendada para meninos dessa idade? Segundo o ortopedista Akel Nicolau Júnior, em entrevista ao jornal A Gazeta, é preciso conhecer a saúde cardiovascular da criança, e um especialista pode analisar qual é a melhor atividade para cada idade. "As meninas, que têm mais flexibilidade, por exemplo, podem fazer balé, ou ginástica olímpica. Já os meninos, que não são muito flexíveis, podem se destacar em esportes que exigem mais explosão muscular, como lutas, tênis, futebol e atletismo", diz Akel.

Como mostra a matéria do A Gazeta, até os 5 anos de idade, os pais devem priorizar atividades que estimulem as habilidades motoras, como brincadeiras que façam a criança se mover em várias direções e velocidades, e a incentive a manipular objetos e testar o equilíbrio.

Últimas notícias

Comentários