Artista cria boneca que menstrua, para educar meninas

O americano já havia causado polêmica ao criar a boneca 'Barbie normal', com dimensões de uma mulher típica dos Estados Unidos

por João Paulo Martins 22/09/2015 13:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Nickolay Lamm/Reprodução
A boneca 'Barbie normal', criada pelo americano Nickolay Lamm, agora, possui um kit 'menstruação' (foto: Nickolay Lamm/Reprodução)
Em 2014, o artista e pesquisador americano Nickolay Lamm, de 26 anos, ficou conhecido mundialmente por ter desenvolvido as bonecas chamadas "Barbies normais", que têm o corpo com dimensões naturais de uma mulher americana média. Agora, após ter lançado "acessórios" que possibilitam às crianças adicionarem celulite, espinha, estrias, entre outros problemas comuns do dia a dia, Lamm quer ensiná-las sobre menstruação.

O kit da boneca "menstruada" está disponível desde setembro deste ano no site do artista, e inclui um panfleto educativo e absorventes do tamanho da "Barbie normal", para as crianças aprenderem sobre esse ciclo que faz parte da vida das mulheres.

Em entrevista ao portal de notícias The Huffington Post, o artista americano diz que quer levar aos mais jovens, e mesmo aos pais, a discussão sobre a menstruação, mas de forma divertida. "Já ouvi histórias 'cabulosas' de crianças que pensavam estar morrendo ao ficarem menstruadas pela primeira vez. Os pais também não sabem como iniciar a conversa sobre o assunto. Então, achei que o kit menstrução seria uma forma de levar às crianças o tema de uma forma divertida, e, ao memso tempo, ajudar os pais a discutirem a questão com uma ferramenta bem útil", conta Nickolay Lamm.

Como ele mesmo lembra, a menstruação ainda é um tabu em nossa sociedade e, muitas vezes, é considerado um insulto. "Eu não acho que algo essencial para a vida e para a saúde da mulher possa ser visto, de forma alguma, como embaraçoso", completa Lamm na entrevista ao Huffington Post.

Nickolay Lamm/Reprodução
(foto: Nickolay Lamm/Reprodução)

Últimas notícias

Comentários