Conheça o lúpus, doença que afeta Selena Gomez

A jovem cantora assustou os fãs ao revelar ser vítima desse problema, que é autoimune e não tem cura

por Vinícius Andrade 08/10/2015 17:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/Selena Gomez/Reprodução
A cantora Selena Gomez diz sofrer com lúpus e chegou até a realizar quimioterapia há alguns anos (foto: Instagram/Selena Gomez/Reprodução)
A cantora e atriz Selena Gomez, de 23 anos, deixou os fãs preocupados ao afirmar que sofre com uma doença chamada lúpus. Em entrevista à revista americana Billboard, a ex-namorada do ídolo teen Justin Bieber disse que foi diagnosticada com o problema há dois. "Poderia ter tido um AVC", acrescenta Selena.

Em 2013, a atriz cancelou uma turnê na Ásia e na Austrália devido ao problema. Sites de celebridades chegaram a cogitar que ela estava afastada por problemas com álcool e drogas. Sobre essas insinuações, ela desabafa na rede social: "Eu queria tanto dizer 'vocês não têm ideia'. Eu estou em quimioterapia".

Lúpus? O que é?

Lúpus eritematoso sistêmico (LES), conhecido popularmente apenas como lúpus, é uma doença autoimune. As próprias células do organismo geram uma reação inflamatória crônica que ataca vários órgãos. Segundo o médico Gustavo Lamego, presidente da Sociedade Mineira de Reumatologia, as causas desse comportamento anormal são desconhecidas, mas questões genéticas e hormonais podem influenciar.

A doença pode afetar muitos órgãos, portanto, os sintomas são diversos. "Normalmente, a pessoa já acorda com dores e inchaços nas articulações. Manchas vermelhas no rosto, quedas de cabelo e feridas na boca são alguns dos sintomas", explica o especialista.

Ainda conforme o reumatologista, existe tratamento para o lúpus, mas não há uma cura definitiva, assim como diabetes e hipertensão. "O objetivo é fornecer qualidade de vida aos pacientes, com uso de medicamento contínuo. Em casos mais graves, a pessoa pode ficar com algumas limitações impostas pela doença", explica o médico.

Estima-se que a cada duas mil pessoas no mundo, uma seja vítima do lúpus. Portanto, é uma doença considerada rara pela Medicina.

Últimas notícias

Comentários