Círculos aparecem em plantação no Paraná

Lembra do filme Sinais, com Mel Gibson? Pois é, os estranhos símbolos surgiram numa fazenda no interior do Paraná, da noite para o dia, e já está chamando a atenção de especialistas e da população

por João Paulo Martins 13/10/2015 11:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
RPC/Reprodução
Entre os dias 5 e 6 de outubro, repentinamente, estranhos sinais apareceram numa plantação de trigo no Paraná (foto: RPC/Reprodução)
Entre a noite de segunda, dia 5 de outubro, e a madrugada de terça, dia 6, estranhos "buracos" surgiram na plantação de trigo da chácara Satini, na cidade de Prudentópolis, no Paraná. O local em que apareceram as estranhas formações fica próximo à BR-277. Não se sabe ao certo como surgiram os círculos, cujo desenho só é visível do alto.

"Eu acho que não é do nosso meio. Pela perfeição não é humano", diz Tito Santini, proprietário da fazenda, em entrevista à rede de televisão paranaense RPC.

Testemunhas relataram que na noite anterior à aparição dos símbolos, luzes foram vistas sobrevoando a região da BR-277, por volta de 22h30. Também houve registro de falta de energia elétrica na cidade durante a madrugada.

Assim que o caso se tornou público, o ufólogo Ademar José Gevaerd, editor da revista UFO, compareceu ao local. Segundo suas análises, o agroglifo parece ser autêntico, já que não existem vestígios de ação humana, e não houve relato de nenhum vizinho sobre atitudes suspeitas na região. "A figura contém dois anéis de diferentes tamanhos, mas com cerca de 50 metros cada, que se interseccionam em cerca de 35% de sua área, dentro de qual espaço há um círculo central de 20 metros de diâmetro. Tanto os anéis quanto o círculo têm as plantas dobradas, mas não quebradas, em sentido anti-horário, o que se verifica também em 4 círculos menores, mas de tamanhos diferentes, encontrados a leste, na extremidade do além à direita. Seus tamanhos aumentam gradativamente, o que é algo interessante", diz Gevaerd na conta oficial da UFO no Facebook.

Revista UFO/Reprodução
O ufólogo Ademar José Gevaerd, da revista UFO, analisou o local e não encontrou vestígios de ação humana na plantação (foto: Revista UFO/Reprodução)


O ufólogo explica que não foram encontrados passos ou pegadas de possíveis farsantes. "Também deve ser notado que a plantação, naturalmente, é entrecortada por rastros de pneus de trator usado para fumigação da lavoura. Isso é absolutamente comum em cenários de agroglifos", completa Gevaerd.

A plantação foi filmada do alto, com o uso de um drone, pela Novelo Filmes, empresa que está preparando um documentário sobre imagens que se formam em plantações para o canal History Channel, em parceria com a revista UFO. "Sobrevoamos detidamente a imensa figura. A partir de 150 metros de altura já se podia ver seu majestoso formato e suas enormes medidas. Foi uma grande surpresa. O drone esteve ativo por mais de uma hora e registrou as imagens de vários ângulos", conta o ufólogo e editor da publicação.

O acontecimento vem chamando a atenção da população e muitos curiosos já passaram a visitar a chácara Santini.

Veja outras imagens dos sinais na plantação:

Revista UFO/Reprodução
(foto: Revista UFO/Reprodução)


Revista UFO/Reprodução
(foto: Revista UFO/Reprodução)

Últimas notícias

Comentários