Base de Alcântara retoma programa de lançamento de foguetes

O centro de lançamento fica no estado do Maranhão ficou sem atividade desse tipo desde 2003, quando ocorreu a explosão de um foguete

por Da redação 02/11/2015 12:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sgt. Johnson/Agência Força Aérea/Divulgação
Com o lançamento do foguete de treinamento na sexta, dia 30, a base de Alcântara, no Maranhão, retoma oficialmente suas atividades, paralisadas desde 2003 (foto: Sgt. Johnson/Agência Força Aérea/Divulgação)
Com 5,5 m de altura e pesando meia tonelada, um foguete de treinamento intermediário foi lançado no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, com sucesso, na tarde de sexta-feira, dia 30 de outubro. O foguete atingiu uma atitude superior a 50 km e depois caiu no mar em uma área isolada do trafego aéreo e marítimo. Esse é o primeiro lançamento desde o trágico incidente de 2003, quando um foguete explodiu e matou 21 especialistas que trabalhavam no local.

O foguete intermediário antecede o ponto alto da operação São Lourenço, que acontece em novembro, com o lançamento do foguete VS40, que irá transportar um GPS espacial desenvolvido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e um satélite de reentrada atmosférica criado para pesquisas em ambientes de microgravidade.

O teste foi uma preparação para o projeto que vai levar ao espaço um foguete com equipamentos de pesquisa, desenvolvidos por brasileiros. Uma sonda colocada em um balão deve captar informações como umidade, pressão e temperatura. Somente depois da análise dos dados a operação será autorizada.

"Estes dados são importantes para se manter uma tomada de decisão efetiva para o lançamento dos engenhos aeroespaciais", afirma o chefe de meteorologia do Centro de Lançamento de Alcântara, Márlon Gonçalves Figueiredo.

(com Portal EBC e TV Brasil)

Últimas notícias

Comentários