Casos de AVC entre jovens é cada vez mais comum

Especialista mostra quais são as principais causas de Acidente Vascular Cerebral entre pessoas abaixo dos 45 anos

por Vinícius Andrade 13/11/2015 17:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Morguefile/Reprodução
Entre as causas mais comuns de AVC em jovens, segundo a especialista, destaque para o consumo de drogas, o estresse e a obesidade (foto: Morguefile/Reprodução)
Foi-se o tempo em que o AVC (Acidente Vascular Cerebral) era um mal exclusivo para pessoas mais velhas. Dados do Ministério da Saúde mostram que 62 mil pessoas abaixo dos 45 anos morreram no Brasil por esta causa entre os anos 2000 e 2010. Estatísticas também apontam que de 1998 a 2007 houve um crescimento de 64% nas internações por AVC entre homens de 15 a 34 anos, e de 41% entre mulheres na mesma faixa etária. Ainda faltam pesquisas recentes, mas os especialistas atestam que essa tendência continua.

As justificativas para o quadro vão desde hábitos pouco saudáveis até a melhora no diagnóstico. De acordo com a médica Rosamaria Guimarães, presidente da Sociedade Mineira de Neurologia, o estresse também é um dos grandes culpados.

Na maioria das vezes, o AVC não dá aviso prévio. Ele se instala em questões de minutos e pode comprometer fala, visão, equilíbrio e locomoção. Portanto, é importante estar em dia com a saúde física e mental, e não se esquecer de realizar os exames médicos regularmente.

A neurologista Rosamaria Guimarães destaca os principais responsáveis pelo AVC entre pessoas abaixo dos 45 anos:

  • Anemia falciforme: doença genética e hereditária, caracterizada por uma alteração nos glóbulos vermelhos, o que dificulta a passagem do sangue pelos vasos de pequeno calibre e a oxigenação dos tecidos. Conforme Rosamaria Guimarães, a anemia é uma causa comum de AVC entre jovens

  • Má formação dos vasos sanguíneos: quando existe uma comunicação direta entre artéria e veia, sem a intermediação de uma rede de capilares, a veia pode estourar. Esse problema é chamado de fístula e pode resultar em AVC. Segundo a neurologista, o problema é mais observado em pessoas abaixo de 45 anos

  • Obesidade: é cada vez mais comum crianças e jovens estarem acima do peso. "O problema é que a obesidade vem acompanhada de uma série de distúrbios metabólicos, como diabetes e colesterol alto", acrescenta Rosamaria

  • Estresse: talvez seja impossível encontrar uma pessoa que não passe por situações estressantes durante a semana. O problema é quando essa condição se torna uma rotina. "Já atendemos crianças e adolescentes com níveis de estresse altíssimos. As pressões na escola e no mercado de trabalho começam cada vez mais cedo", destaca a neurologista

  • Consumo de drogas: a facilidade de acesso às substâncias ilícitas também é um fator que explica o aumento de AVC entre o público jovem. De acordo com a neurologista, drogas como cocaína, crack e heroína favorecem o desenvolvimento do problema

  • Forame oval patente: pequeno orifício responsável por dividir os dois átrios do coração. Em condições normais, essa estrutura costuma se fechar após o nascimento ou nos primeiros meses de vida. Porém, pode acontecer do forame oval ficar aberto, deixando uma pequena comunicação entre os átrios cardíacos. Essa condição tem sido muito associada ao AVC, segundo a neurologista

Últimas notícias

Comentários