Novo caso de ebola é confirmado na Libéria

O país africano havia sido considerado livre da grave doença em setembro deste ano

por Da redação 20/11/2015 11:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Morgana Wingard/USAID/Divulgação
Desde o fim de 2013, o ebola já causou cerca de 11.300 mortes na região da África Ocidental, tendo infectado mais de 28 mil pessoas (foto: Morgana Wingard/USAID/Divulgação)
A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta sexta, dia 20 de novembro, um novo caso confirmado de infecção pelo vírus ebola na Libéria, que tinha sido declarada livre da doença em setembro.

"Há um novo caso confirmado", diz o porta-voz da OMS, Tarik Jasarevic, à agência France Press, sem dar mais detalhes.

No início de setembro deste ano, a OMS anunciou que a Libéria estava livre do ebola pela segunda vez. Em maio, a organização tinha feito um anúncio idêntico, mas o vírus ressurgiu no país seis semanas mais tarde.

A OMS declara um país livre de ebola 42 dias – duas vezes a duração máxima do período de incubação – após o último caso conhecido da febre hemorrágica.

Em 7 de novembro, a OMS declarou Serra Leoa livre da transmissão do vírus. No país, foram infectadas 14.089 pessoas, das quais 3.955 morreram.

A Guiné-Conacri ainda não foi declarada livre da transmissão do vírus, mas não registra qualquer caso da doença desde o dia 8 deste mês, de acordo com o site da entidade.

A epidemia de ebola que afetou a África Ocidental é a mais grave desde a identificação do vírus, em 1976. Desde o fim de 2013 deixou cerca de 11.300 mortos entre pouco mais de 28 mil infectados, a maioria na Guiné-Conacri, em Serra Leoa e na Libéria, segundo a OMS.

(com Agência Lusa e Portal EBC)

Últimas notícias

Comentários