Toyota faz recall do Camry 1993, e o motivo: ele está muito ultrapassado

De forma curiosa e inédita, montadora japonesa pede que donos de modelo de 22 anos entreguem os carros e busquem um modelo mais novo, de qualquer marca

por João Paulo Martins 01/12/2015 08:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Favcars.com/Reprodução
Quem já ouviu falar em recall de um veículo inteiro, com a desculpa de que está muito velho? Isso foi feito pela Toyota com o Camry modelo 1993 (foto: Favcars.com/Reprodução)
Quando as grandes montadoras descobrem algum problema em seus veículos, costumam fazer o chamado recall, em que realizam as mudanças necessárias sem causar ônus para os proprietários. Só que a Toyota acaba de inovar ao fazer um recall bem inusitado, e que foi divulgado na quarta, dia 25 de novembro. A montadora japonesa está convocando os donos do Camry modelo 1993 para entregarem o carro e adquirirem um veículo mais moderno, independentemente da marca.

"Nós entendemos que o Camry 1993 é muito cativante, mas, honestamente, não existe desculpa para dirigir um carro de 22 anos ainda hoje", diz o porta-voz da Toyota, Haruki Kinoshita.

Segundo a empresa, os avanços tecnológicos que temos atualmente são suficientes para que motoristas deixem para trás modelos mais antigos. "Não estamos pedindo que você compre um Camry 2015 ou um híbrido, ou que seu novo carro tenha de ser da Toyota. Mas, o importante é que você precisa começar de novo, independentemente da escolha", afirma Kinoshita.

O Toyota Camry XLE de 1993 é um sedã equipado com um motor 3.0 de seis válvulas e 188 cv, que chega a 186 km/h. O conforto e a confiabilidade do equipamento o transformaram numa espécie de "xodó" dos consumidores americanos – que são o principal alvo do recall da montadora japonesa. Esse modelo não foi distribuído oficialmente no Brasil, sendo adquirido apenas por meio da importação.

Últimas notícias

Comentários