Britânico compra leitor de livros digitais e recebe caixa com tumor

Imagine a surpresa do consumidor ao abrir a encomenda e, ao invés do Kindle, se deparar com uma caixa selada contendo material científico?

por João Paulo Martins 12/01/2016 16:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Twitter/jamespotten/Reprodução
Quando abriu o pacote entregue pela FedEx, o britânico James Potten assustou por ter seu Kindle trocado por uma amostra de tumor humano (foto: Twitter/jamespotten/Reprodução)
Entregas erradas são muito comuns. No ano passado, uma britânica comprou uma mesa e recebeu nada menos que 150 peixes vivos. Desta vez, ocorreu um fato não menos inusitado. O também britânico James Potten, que mora em Bristol, adquiriu um Kindle, leitor de livros digitais da Amazon, e, quando recebeu o pacote da empresa de entregas FedEx, ficou surpreso ao abrir a embalagem e encontrar uma caixa contendo material biológico, uma amostra de tumor humano.

A indignação de James foi tão grande que ele publicou em sua conta do Twitter uma mensagem criticando a empresa que fez a entrega: "Nossa, @FedEx. Você trocou meu Kindle por um tumor humano. Continuo esperando pela coleta #FedExFail #notmykindle".

Segundo apurou a rede de televisão inglesa BBC, o pacote, que saiu da Califórnia, nos Estados Unidos, estava destinado a uma das insituições ligadas ao hospital Royal Free. "Eu não abri a caixa selada, que dizia conter tecido de paciente, e que não me pertencia. O código de rastreamento tinha os mesmos cinco números iniciais e os últimos três de meu pedido, mas não era meu Kindle", conta o britânico à BBC.

A FedEx reconheceu o erro, pediu desculpas ao consumidor e, em nota enviada à rede de televisão, diz que "deverão ser feitas mudanças nos futuros processos de envio da empresa".

Últimas notícias

Comentários